quinta-feira, 11 de outubro de 2012

- fim do blog -


Termino exatamente como comecei : com Chacal.

“Vai ter uma festa
que eu vou dançar
até o sapato pedir pra parar...”


É que um dia a gente tem que ter coragem de desgarrar.
A gente tem que ter coragem de partir.

Já faz algum tempo que não me sinto exatamente ‘em casa’ por aqui. Já faz algum tempo que não me reconheço nessas linhas que foram tão minhas.
Mas tudo foi ganho.
Verti aqui minhas histórias, meus amores, os medos, os sonhos, mas, sobretudo as minhas incandescências...
Por 4 anos.
Mas hoje eu quero mais.
Quero o novo, quero o desconhecido.

Hoje os sapatos pediram para parar.
Hoje os eucaliptos que me interessam 
são só os que eu posso tocar.


Agradeço imensamente a companhia.
Impossível conseguir mensurar o valor de cada um que por aqui passou.
Sou cheia desse amor bonito, e vou com ele por dentro.
Jamais serei a mesma.

Obrigada.
Muito, muito...

Solange Maia

.

51 comentários:

  1. Adeus. Que seja boa a partida.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Uma pensa,mas reconheço q sim, tem tempo de começar e parar..ou quem sabe é um (re)começo! \0/

    Amei estar aqui lendo e enviando o q vc escrevia! ;-)

    Vou continuar por aqui sempre!


    saúde,paz boa sorte na nova jornada!!


    Que tudo sejam flores!!!


    Ro Monteiro

    ResponderExcluir
  3. Ana Paula,

    amém...
    beijo carinhoso, viu ?!

    ResponderExcluir
  4. Ro e Va Monteiro,

    amei a presença deliciosa de vocês também...
    saúde, paz e boa sorte a todos nós !

    beijo imenso

    ResponderExcluir
  5. È cedo ou tarde , pra dizer adeus , pra dizer jamais .

    ResponderExcluir
  6. Paulo,

    hoje os sapatos pediram prá parar...

    beijo.

    sabe que mora mora no meu coração, né ?!

    ResponderExcluir
  7. Ao menos tenho um café marcado com você quando eu for a SP.

    Guardarei seus textos no meu coração.

    Você é koisa rara.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Dios del Cielo………

    Mi Querida Solange, creo en los procesos, esto es; casi todo tiene su principio, su medio y su fin. Pero esta noche debo ser egoísta e ir más allá de mis convicciones.
    Necesito ser egoísta….

    Estoy lejos de mi ciudad, es una noche nubosa y me siento solo.

    Aún en mi ciudad muchas noches, mañanas y tardes me he sentido de esta forma y tu blog completó el aire, perfumó la atmósfera y dió color a muchos grises…
    Desde estas sensaciones te descubrí y redescubrí. Me has transmitido solo cosas positivas.
    Creo en vos, creo en tu esencia llena de valores que amo profundamente y por ello esta decisión – que respeto – me llega con un contenido vacío y abstracto…

    Me espera una noche más de insomnio que evite quebrar con el sueño este estado de melancolía y así mañana cicatrice de una vez.

    Me libero del disfraz de egoísta y quedo expuesto a tu falta que me invade de lleno.

    Respiro profundo; voy a apagar la luz para que la infinita soledad y silencio de este pueblo en el que estoy, me brinde la libertad de recorrerme en lo oscuro y encontrar mis espacios de luz que supiste alcanzar a miles de kilómetros de distancia.

    He abierto una casilla de correo cuya dirección es dos_peces_un_mar@hushmail.com
    en la que solo permitiré la llegada de un e-mail: el tuyo Vida, diciéndome que vuelves a escribir en tu blog.

    Mi abrazo sin fin.
    E.A.M.

    ResponderExcluir
  9. Linda Sol,
    lindo presente em minha vida...
    "os eucalisptos que eu posso tocar..." é isso, querida!
    Gratidão terníssima por esse legado! Abraço carinhoso de quem é feliz por seguir ao seu lado!...

    ResponderExcluir
  10. Lamento, mas serei muito egoísta.
    Me fará muita falta ler você, quase sentir o que você sentia quando escrevia determinadas coisas. E você sabe disso.

    Talvez algum dia nos encontremos.
    Felicidades pra você.
    Foi um prazer conhecê-la!
    Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  11. Helô,

    que lindo ler desse sentir junto... me emocionou !

    dia desses quem sabe começo outro blog, afinal, escrever é também uma maneira de amar, e aí a gente dá as mãos de novo e vamos sentindo mais uma vez...

    felicidades a todos nós.

    beijo muito espacial

    ResponderExcluir
  12. Cacarina amada...

    Você é desses 'ganhos' que nem tenho como medir.
    Seguimos juntas.
    você sabe disso...

    beijo gigante

    ResponderExcluir
  13. E.A.M.,

    o que lhe dizer que você já não saiba ? te abrazo desde el alma... e te beijo muito, muito...

    ResponderExcluir
  14. Pri querida...

    você ama as palavras, como eu... sabe onde elas nascem, sabe que as vezes doem...

    os fins também são começos !

    estamos juntas.
    beijo nesse mar que é você.

    ResponderExcluir
  15. Ká,

    nosso café está super marcado ! vou cobrar...
    você é uma grande mulher, e mora no meu coração infinitamente.

    beijoooo

    ResponderExcluir
  16. ...siga em paz, minha linda flor,
    mesmo sabendo que FARÁ muita falta
    por aqui onde aprendemos o valor
    das palavras bordadas com linhas
    de e_ternos sentimentos.

    ...qqr dia,
    qqr hora,
    a gente se encontra,
    seja como for, pra
    falar de amor...

    qqr dia...

    até já...alma linda!

    bjbjbjs procê e pra
    princesa linda, Bebela!

    Vivian

    ResponderExcluir
  17. Solange, sou tão grata por cada linda palavra aqui deixada. Obrigada por partilhar suas emoções, e muitas vezes encher a minha vida de sentido e razões. Que seu caminhar seja ainda mais belo. E quando resolver partilhar de novo, dê um jeito de nos avisar. Beijo, e muita luz.

    ResponderExcluir
  18. Vivian,

    e vai ser lindo esse encontro, tenho certeza ! estarei por perto, tendo o privilégio de te ler, e de dividir o sentir...

    obrigada pelos beijos, que a gente devolve em dobro !!!

    ResponderExcluir
  19. Silvia,

    ainda estamos pertinho lá no Face, e sorrio por isso, mil vezes !
    alegria imensa ter tido você por perto !
    imensa mesmo...

    beijo enorme

    ResponderExcluir
  20. Solange, por todo esse tempo vc foz porta voz do meu coração. Sentirei muito a sua falta, já era cliente assídua deste "estabelecimento". Mas vc deve ter seus motivos... uma pena. Fique na paz e que Deus a acompanhe e abençõe sempre. Bjus

    ResponderExcluir
  21. Sooool...
    Como sentirei falta desse blog que é pura inspiração pra mim...espero que não abandone esse dom maravilhoso que é a escrita. Traduzindo suas histórias em poesia você acabava contando um pouco da minha também..rss...mas devemos ouvir o coração não é?!!
    Fico tranquila porque ainda podemos nos falar pelo face...rss
    Com saudades...

    Amanda (prof. Bebela)

    ResponderExcluir
  22. Sandra,

    as vezes é preciso desgarrar...
    estaremos por perto lá no Face, e quem sabe hora dessas abro um novo blog...
    sentirei sua falta também, e agradeço infinitamente esse carinho lindo !

    beijo imenso nessa sua alma encantadora...

    ResponderExcluir
  23. Amanda amada...

    sei que se eu cruzar o olhar com você por meio minuto vai entender o que só os olhos dizem...

    amo escrever, não sei parar...
    ora dessas abro outra janela, essa aqui foi linda, mas teve seu tempo !

    estaremos pertinho lá no Face, e passo te dar um beijo e um abraço daqueles só nossos amanhã ou depois !!!!

    adoro você !

    ResponderExcluir
  24. Que sua partida seja doce e suave, sem nos arrancar pedaços...
    torço para que um novo nasça. Cheinho de palavras que só vc sabe usar. beijos

    ResponderExcluir
  25. Silvana querida...

    que a vida nos seja suave... sempre !
    vou sentir muita saudade !

    beijoooo

    ResponderExcluir
  26. Soliiiii, vc é feita dessa lindas palavras que sempre escreve! Vc é feita de amor...portanto ficaremos órfãos torcendo pra um reencontro, um novo blog....pq como Solange Maia não ira existir...nem desejo!

    Até breve minha querida,

    Dani Almeida

    ResponderExcluir
  27. Dani amada...

    suas palavras são sempre um carinho bom.
    de alguma forma sinto-me órfã também... mas quem sabe logo nasce novo blog, fruto de um novo tempo...

    amo você, viu ?
    demais...

    beijo infinito

    ResponderExcluir
  28. Saudades!

    O que nos consola é que podemos Ler e reler, desfrutando assim dos teus versos tão significativos.

    Bjão!

    ResponderExcluir
  29. mARa...

    suas palavras foram sempre um vento bom...
    obrigada, querida !
    dia desses quem sabe nasço, como semente, em outro blog ?
    e te aviso pata seguirmos juntas mais um pouco...

    sou grata, muito, muito...

    beijão

    ResponderExcluir

  30. Compreendo.

    Um abraço,

    Suzana Guimarães - Lily

    ResponderExcluir
  31. Sol, vou sentir falta de seus textos que muitas das vezes falam tanto de mim.
    Um dos blogs que eu sempre lia, mesmo não comentando, mas eu te lia, sentia dentro das palavras.
    Abraço forte.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  32. Não havia visto a postagem, pois tive uma crise de stress e não fiquei muito na blogosfera por estes dias.
    Senti sua falta e vim vê-la e deparei-me com sua despedida.
    Estou há 7 meses só aqui, às vezes, tenho vontade de parar, mas ainda não posso ou melhor, não consigo. Porém você já vive aqui há 4 anos, sabe o que está fazendo.
    Espero que viva sempre intensamente cada dia de sua vida e que os eucaliptos permaneçam em vc!

    Bjoks

    ResponderExcluir
  33. Increible...pasan los dias y navego otros blogs y nada...
    No podrias imaginarte cuanto extraño tus posts VIDA SOLange !!

    Te abrazo con el alma !!
    E.A.M.

    ResponderExcluir
  34. Lily...

    sei que me entende...
    sei que sabe da necessidade do silêncio...
    a adoro você ainda mais por essa compreensão...

    beijo enorme menina linda !!!!

    ResponderExcluir
  35. Fe Fraga...

    O Eucaliptos foi um ciclo que terminei com um misto de alegria e dor... me aperta o peito a saudade que ficou, mas era o tempo... era o tempo...

    Quem sabe não nos encontramos por aí, em outro blog, em outro tempo...

    agradeço tua leitura silenciosa, teu carinho de sempre...
    muito, muito.

    beijo enorme

    ResponderExcluir
  36. Jaqueline Cristina,

    Espero que esteja melhor... um blog tem seu tempo, porque algumas coisas que falam de vem em quando calam...

    agradeço ter tido você por aqui, de coração...

    os eucaliptos fazem parte de cada poro meu...

    e, que saibamos viver intensamente... é o que tenho tentado fazer !!!
    :))

    beijo enorme

    ResponderExcluir
  37. E.A.M.

    sinto falta também...
    obrigada por teu carinho, sempre me enchendo de delicadezas...

    te abraço, muitão....

    ResponderExcluir
  38. Querida Sol, que peninha! Mas entendo muito bem, eu também estou quase dizendo adeus ao blog. Tenho visitado menos , escrito menos, mas ao mesmo tempo tenho lido mais, conversado mais, saído mais, etc e tal! A vida e dinâmica, graças a Deus!
    Bjssssss com gostinho de saudade...

    ResponderExcluir
  39. Sonica,

    as vezes a vida pede...
    e eu obedeço !!!
    risos...

    obrigada por ter estado aqui...
    deixo um beijo enorme e a certeza de que nos encontraremos por aí...

    ResponderExcluir
  40. querida,sentirei sua falta sempre,amo tudo que escreve,me identifico em várias situações,espero que volte qualquer dia desses,será um prazer te-la por perto novamente,felicidades.

    ResponderExcluir
  41. Regina Célia,

    não parto nunca das palavras, volto logo... num outro espaço, numa outra janela...

    obrigada pela delicadeza, me enche de alegria...
    beijo
    beijo
    beijo

    ResponderExcluir
  42. Parabéns pelo Blog.

    Você foi a primeira pessoa a comentar o meu blog há 4 anos atrás.

    Daniel

    ResponderExcluir
  43. Daniel,

    Me lembro perfeitamente... gosto muito dos teus textos, você sabe disso !

    obrigada por ter estado aqui...

    grande abraço

    ResponderExcluir
  44. Mi Querida Solange, casi todo los dias vuelvo a este espacio tan amado por mi y no me acostumbro a la idea del último post.... Necesito volver a cubrir los espacios que completabn tu blog, tus palabras, tu ser..
    Vida Solange, tu me haces falta.
    Te abrazo.
    E.A.M.

    ResponderExcluir
  45. Nossa!
    Qt tempo nao venho por aqui, e qd eu vi o titulo do post nem acreditei!!

    Parar com o blog, terminar um livro tao bom!!
    Oh Solange, vc encerrando com as palavras, prefiro acreditar que é apenas um término, desses que num tem fim.
    Que continua lá, e volta só pra nos assombrar, pra nos fazer lembrar..

    Acho mesmo que a escrita, do nível da sua, é sempre um término entre o autor e a obra. Ambos se rompem após o gozo. Mas o que expressam é um saudosismo, uma ânsia do reencontro que escoa livremente ora como alegria ora como falta amarga.

    Enfim..espero de ainda poder ler coisas que escreve. Pois foi um dos blogs que mais me encantou.

    bjs com carinho
    Nana

    ResponderExcluir
  46. E.A.M.,

    já ando sentindo o peito apertar...
    vontade louca de abrir outra janela !!!

    beijo meu querido

    ResponderExcluir
  47. Nana linda...

    tuas palavras me deixaram com os olhos líquidos, não canso de dizer a mim mesma como sou sortuda... nem sei como agradecer esse carinho todo !!

    logo abro outra janela...
    outro espaço...
    filho de um novo tempo !!!!

    e venho correndo te avisar, e torcer para que venha comigo !!!

    beijo

    ResponderExcluir
  48. Tô com saudade gritante.

    Milhões de beijos

    ResponderExcluir
  49. Juliana,

    vamos juntas lá pro "das incandescências"....

    beijo carinhoso e muito, muito obrigada !

    ResponderExcluir