sábado, 25 de abril de 2009

Manjedoura de Cacos

A experiência da dor muitas vezes nos motiva a sermos pessoas melhores.

Já fui sim a debutante tímida, introduzida quase sem delicadeza à vida de verdade. Hoje me sinto grata pelo amadurecimento, mas já doeu em mim o gosto amargo das mocinhas que perderam a inocência com os errantes sem coração.
Já houve o tempo de recolher, mas do silêncio e da solidão tirei meu mais belo mosaico. Minha manjedoura de cacos.
Sempre nasço de novo diante da dor.

Hoje quase todas as minhas crenças modificaram-se.
Existimos num corpo, e essa é a forma mais natural de se perceber que tudo tem começo, meio e fim.
Nada é perpétuo.
Nada é para sempre.
Esta constatação me cabe porque exercita minha humildade, e me traz a consciência de que tudo dura SÓ um determinado tempo. Até a dor.

Hoje posso até sofrer, mas logo ponho um sonho novo na alma e saio por aí...

Solange Maia

39 comentários:

  1. Gostávamos seu blog
    acompanhamento bem .. Espero que ele passa por nós!
    suertee bom parceiro.
    alohaa (:

    ResponderExcluir
  2. O segredo é sempre sonhar um novo sonho!
    Beijos Tempestuosos!

    ResponderExcluir
  3. Hoje a tristeza te faz em cacos que servirão para construir um mosaico mais lindo amanhã... é o viver, morrer e o ressuscitar!
    Tudo passa!

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Solange, eu me arrepiei com "Hoje posso até sofrer, mas logo ponho um sonho novo na alma e saio por aí..." Sério, que lindo. Eu sempre ando com sonhos malucos na cabeçpa. Sinto que sem eles só a dor fica... Sei que não sofro tanto assim, ou evito mostrar isso. Esse meu lado prefiro deixar escondido para que as pessoas me vejam sempre com um sorriso na cara. Quero um mundo melhor e é com essa atitude que mudo todos a minha volta... ou tento.

    Lindo o post!!!!!!

    Valeu! bjo

    http://melhoropiniao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Solange!

    É isso mesmo mulher guerreira, feio não é cair, mas não conseguir levantar. Barreiras encontraremos mil em nossa vida, temos que saber transformá-las em superação!

    Lindo texto!

    Bjokas

    ResponderExcluir
  6. assim podemos medir o tamanho de nossa força!!!

    bjosss...

    ResponderExcluir
  7. "Hoje posso até sofrer, mas logo ponho um sonho novo na alma e saio por aí..."

    amém!!!

    você é uma lindaaaa!!

    bj, bj

    ResponderExcluir
  8. Costumo aprender por osmose. Passam os anos e uma dorzinha às vezes acontece.
    Talvez baixar a guarda significa correr riscos!!

    O grande benefício é que a cada dor sinto que fico melhor!!

    Aloha !! Feliz Domingo.

    Hod

    ResponderExcluir
  9. A verdadeira arte da vida está no aprendizado de quantas vezes somos capazes de nos refazer. Pois quem não se refaz não se abre para a vida e tão pouco vive a felicidade do todo, tanto dentro de si como para e com aqueles que estão ao nosso redor.

    Pessoas de força são diferentes de pessoas fortes. Constumam dizer que pessoas fortes aguentam qualquer tipo de tranco, mas será que abrem-se para a flor no meio do barranco? Já pessoas de força, vão aprendendo a se moldar a cada queda, a cada curva do rio, a cada momento de dificuldade. As fraquezas não nos mostram incapazes. As fraquezas nos mostra onde estão os nossos limites, e se não soubermos onde estão os nossos limites, como haveremos de superá-los? E o maior triunfo é superar a si mesmo.

    beijosss
    Uma ótima semana
    inteh

    ResponderExcluir
  10. a vida de início nos invade sem que tenhámos o suspiro necessário para torná-la movimento. leva-se tempo para que a dor seja argila para a abertura de novos caminhos. suas palavras nos dizem dessas fendas com poesia. bjs

    ResponderExcluir
  11. A dor é o material mais incrível para nos moldar...


    ÁGUIA

    Da profundeza do não ser
    Renasço qual águia
    Após longa e dura jornada

    Troco minhas penas
    Por luzes a brilhar
    Depois de tormenta

    Troco minhas garras
    Doloridas por caminhar
    Agora sigo novos rumos

    Troco meu bico
    Cansado de guinchar
    Por doces palavras

    Troco um coração
    Triste por esperar
    Pela renovada alegria de viver

    E alço vôo ao infinito
    Feliz a amar...

    março/2006

    Escrito por Perséfone Hades
    Publicado em 29/09/08 em http://www.usinadaspalavras.com/ e em http://persefone-hades.blogspot.com/2008/09/guia.html

    ResponderExcluir
  12. Magnifica e bem centrada reflexão! um beijo e tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  13. Amiga.É chover no molhado dizer que gosto do que escreve.SIm, a dor é necessária.É nela que evoluímos, é nas adversidades que crescemos. Sabe qual a grande vantagem das derrotas? É que ppodemos definir quem é e quem não é amigo. É muito gostoso receber abraços na vitória, mas ela às vezes nos cega. Muito fácil pra alguém abrçar outro vitorioso.Difícil é amparar alguém no ombro. Dar uma palavra de consolo.

    ResponderExcluir
  14. É isso , sair por aí; nada que ficar remoendo as coisas da vida.
    Beijinhos abençoados!

    ResponderExcluir
  15. Adorei esse texto, realmente só sofremos por um tempo, e mesmo assim tudo passa!

    Eu também aprendi na dor, e me tornei melhor!/

    Bjaum

    ResponderExcluir
  16. Costumo dizer que devemos nos permitir ficar triste de vez em quando, mas não devemos deixar que esse momento perpetue por muito tempo. Isso mesmo! Vista o seu novo sonho e siga em frente.
    Adoro muito vir aqui!
    beijos, bom domingo!

    ResponderExcluir
  17. Com a dor sempre crescemos. Não é fácil enfrentá-la, mas os que a enfrentam saem vitoriosos. Abraço!

    ResponderExcluir
  18. um sabio amigo meu me diz sempre... "tudo passa, ate a uva passa"... hehe!
    mas é verdade, os problemas são passageiros, os snhos e a vontade de sorrir devem ser eternos.
    abraço

    ResponderExcluir
  19. A dor é um alerta de quem precisamos mudar. Isso serve para a nossa sobrevivêcia, para o nosso bem-estar.

    Bom que você é uma sábia ;-))

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  20. sonhar é bom... sofrer... só torna vitória ainda mais saborosas!

    ResponderExcluir
  21. A vida é assim mesmo. É um justar de cacos constantes.

    Bjss

    ResponderExcluir
  22. Como já dizia Luiz Melodia: "Começar pelo recomeço!". Beijão, e apareça para conhecer o "Fragmentos de um Romance".

    ResponderExcluir
  23. Chegando de viagem e encontrando esse texto cheio de força, de aprendizagem. Bom isso....rs
    Sofrer é a forma mais rápida de aprendermos. E trasnformar o sofrimento em impulso para novas tentativas e conquistas é amelhor maneira de ser feliz outra vez....rs

    Um beijo pra vc
    .................Cris Animal

    ResponderExcluir
  24. Oi querida amiga!


    Quando vc tiver um tempinho, vote no meu blog que está participando de um concurso, o link está na última postagem em meu blog Esterança!


    obrigada de coração!

    ResponderExcluir
  25. Olá moça, através desse texto, é possível medir o tamanho da sua força.
    beijo e boa semana.

    ResponderExcluir
  26. Ai Solange, como o seu texto reflete o que sinto nesse momento e posso resumi-lo em duas palavras: dor e decepção.
    Anda sumida do meu blog.
    Bj!

    ResponderExcluir
  27. Como muitas pessoas falam é com a dor é que se cresce!
    Eu também tenho sofrido maus pucados!

    ResponderExcluir
  28. "Existimos num corpo, e essa é a forma mais natural de se perceber que tudo tem começo, meio e fim."

    Ao meu ver o que você escreveu e eu reproduzi acima é a mais pura verdade, e infelizmente é assim, pois pelo menos no amor, eu gostaria de ter vivido um único e feliz amor, e não sofrer ao final de cada um que passou por mim. Hoje tenho um novo amor novamente e espero que seja eterno enquanto dure.

    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Não consigo pensar em atitude melhor do que essa. Tem que dar a volta por cima, afinal, o mundo não pára, como diria Cazuza.

    ResponderExcluir
  30. As coisas sempre estão se modificando, e temos que nos adaptar as novas realidades. Ainda espero resposta do e-mail que lhe mandei. Bjus e boa semana.

    http://contesta-acao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. Solange, mergulhando em seus textos, sua narrativa me fez viajar em meio aos eucaliptos. Gostei muito de seus textos:"Pôs um sonho novo em minha alma". Abraços,
    Clayton

    ResponderExcluir
  32. Solange,
    A dor nos faz amadurecer mais depressa... E com ela a gente aprende que nada é para sempre mesmo!!!
    Belo post!
    Bjão

    ResponderExcluir
  33. Delicia de texto Solange.
    Andava com saudades de passar por esta canto iluminado.
    Bjs
    Rossana

    ResponderExcluir
  34. Minha mana amada, acredite....a vida é MOVIMENTO....sempre...e há sim uma fórmula de mandarmos nossas "dores" embora: Tendo a CORAGEM de sentí-las...
    Lhe garanto, minha mana....elas se vão....TODINHAS.....

    TE AMO, SUA LINDA!!!

    Estou aqui, ao seu lado, SEMPRE!!!!

    Bia

    ResponderExcluir
  35. Solange,
    amei seu comentário no meu blog!! Que bom que você gostou! :)
    Eu também amei o Eucaliptos...
    Nesse post em especial marcou profundamente: "Hoje posso até sofrer, mas logo ponho um sonho novo na alma e saio por aí...".
    Lindo, lindo. Pura poesia.

    Parabéns em dobro para você!
    Beijo, :*

    Laura

    ResponderExcluir
  36. Nascemos com o medo num bolso e a esperança no outro. Viver é, às vezes, tirar as mãos dos bolsos só para esfregar os olhos.

    Beijo pelo belíssimo texto!

    ResponderExcluir
  37. Mas sofrer é um estado temporário, bem como a felicidade...

    Mas o segredo é viver bem durante estes estados.

    Fique com Deus, menina Solange.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  38. Que lindo, Solange!
    E o melhor disso tudo é saber que sempre depois da dor a gente pode mesmo colocar um sonho novo na alma. É preciso acreditar nisso!

    Um beijo!

    ResponderExcluir