sábado, 27 de março de 2010

só você sabe me deixar nua...

Gosto quando percebo que você me quer.

Seus pequenos gestos vão me despindo no decorrer do dia.

Vou me entregando a você mesmo antes de nos encontrarmos.

.

Já chego entregue, mas te provoco.

Faço cara de quem nada quer.

E aí você me pede. Suplica. Implora.

E faço cena, danço, digo não...

Até que fito teus olhos, e me desmancho.

.

Começo então, a me despir prá você.

Devagar.

Esquecendo os limites da timidez e o medo dos julgamentos.

Tiro tudo.

E te sinto percorrendo os meus caminhos.

Porque é assim que posso ver as tuas certezas,

e você as margens da minha nudez.

.

Quando me dispo assim,

amanheço de alma curada e de joelhos esfolados.

46 comentários:

  1. "Vou me entregando a você mesmo antes de nos encontrarmos."sem medo,apenas a entrega.o encontro.
    olá solange vim visitar a casa e gostei da moradia,voltarei mais vezes.


    .

    ResponderExcluir
  2. Uau! Uma beleza! Essa entrega mexe e remexe com qualquer libido adormecida. rs.. Amei de paixão! Montão de bjs e abraços e um lindo final de semana

    ResponderExcluir
  3. Solange, depois se observam os restos da hecatombe, mordidas, arranhões, esfoladuras, o quarto pelo avesso e fica-se com cara apatetada espiando o nada...

    ResponderExcluir
  4. nossa q quente!!! adoro textos quentes assim, vc é demais!

    bjosss...

    ResponderExcluir
  5. Solange,

    Gosto da maneira como você tece as palavras. Um trabalho artesanal que resulta numa bela colcha de retalhos para aquecer a nossa alma. Aqui, eu aprendo o dicionário do afeto e da ternura da maneira mais genuína e ainda levo a certeza, que você tem um alfabeto a sua disposição para nos cobrir de amor por uma vida inteira.

    ResponderExcluir
  6. Minha querida Solange, acho que você nunca havia se despido tanto, rsrs.
    Adorei, já não tenho nem mais palavras pra comentar seus textos, odeio redundância, mas você arranca de mim quase sempre as mesmas emoções.
    É lindo te ler, vc é linda!

    Beijosss!

    ResponderExcluir
  7. Menina,
    uma das mais belas poesias!
    Beijnhos holandeses, meu e do netinho mais lindo do mundo não só da Holanda, mas do Mundo!

    ResponderExcluir
  8. Olá, estou aqui meio abobada com este lindo poema.
    Você se despiu de forma brilhante para seus leitores. Confesso que fiquei extasiada com suas palavras.

    Vou deixar aqui um poemeto que gosto muito:

    Aquilo que está escrito no coração não
    necessita de agendas porque a gente não esquece.
    O que a memória ama fica eterno.

    (Rubem Alves)

    Um lindo domingo para você.

    Beijo. (:

    ResponderExcluir
  9. Gostei...
    Domingão prá lá de feliz...¨zótis¨...que quer dizer:Ótimo...rsrsrsrsrsrs...

    ResponderExcluir
  10. Que lindo! Tudo com tanta medida... Menos o sentimento. Parabéns menina! Está valendo um livro, repito. Embora aqui seja um livro, sou do tempo dos que acreditam que o papel merece marcas como a sua!
    Beijo de domingo delícia com sua turminha.
    Claudia

    ResponderExcluir
  11. Fantástico teu poema!

    Gostei do teu espaço.

    Be:)os,
    LUmeNA

    ResponderExcluir
  12. Eu acabo de chegar no blog e me deparo com esse poema brilhante!
    "Seus pequenos gestos vão me despindo no decorrer do dia.
    Vou me entregando a você mesmo antes de nos encontrarmos."
    Me deixou sem palavras nesses versos...Pra mim,tocou como uma entrega tão grande e singela do seu ser...Adorei!
    Comecei a colocar meus escritos ontem no blog,espero que queira ir lá conferir!
    Parabéns!
    Já estou te seguindo...
    *.*

    ResponderExcluir
  13. É tão simples e tão tocante!
    Tão belo!
    Lindo, lindo!
    Beijoo.

    ResponderExcluir
  14. Que doce sensualidade... Bjus.

    http://submundosemmim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. despir a alma é que é o mais dificil.
    e se ele também o consegue.. decerto, é o certo pra você.

    abraços.

    ResponderExcluir
  16. "...de alma curada e de joelhos esfolados..."

    Também fico assim, depois de um tempo orando...(rs)

    Tácito

    ResponderExcluir
  17. Ui, delícia! rs Esse jogo de amor certo faz um bem enorme pra alma (e pra pele rs), né?

    Adorei, Solange!

    Beijocaminhapravocê

    ResponderExcluir
  18. Lindo e intenso..... sente-se cada frase. Adorei.
    Uma linda semana pra ti.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Cada ato que vc descreve, já é quase um despir!
    Tão doce e delicadamente quanto o amor que você faz questão de deixar ali, nas entrelinhas escondidinho por trás do desejo e da paixão...
    Seu poema é lindo, envolvente e sedutor... Parabens!!

    ResponderExcluir
  20. Menina que delicia
    Adorei o post...
    A simplicidade de amar e desejar

    bjos

    ResponderExcluir
  21. Não faz issoooooo !!!
    Que maldade, to com saudade do meu nego. kkk

    Amei amei amei !! essa sensação é deliciosa.

    ResponderExcluir
  22. Quanto romance em simples palavras! Isso sim é ser escritora!
    Um beijo =*

    ResponderExcluir
  23. Olá

    O blog AMIGA DA MODA, quer sua participação no novo sorteio. Tenho certeza que vc gostará de participar. Visite o blog e confira. Aproveite para fazer sua inscrição.A Kinha está esperando por você...
    http://amigadamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. No meio de lindas flores , venho desejar uma PÁSCOA FELIZ!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. bom dia!!
    uma excelente semana pra ti.

    Envolventes tuas palavras..
    bjs.

    ResponderExcluir
  26. Muito lindo o texto, boa colocação das palavras, bem expressivas! Bjos.

    ResponderExcluir
  27. mulherrrrrrr.....
    uau!!!
    erotismo puro e do bom!!! rsrsrsr
    A-DO-REI! esse jeito moreno de ser mulher...
    Arrepiante.

    ResponderExcluir
  28. Belo! Intenso! Sensual!
    Cada palavra é uma doce caricia...


    BeijOOO
    AL

    ResponderExcluir
  29. Conferi o rumo com um golfinho zombeteiro
    Uma baleia branca sorriu em brancura
    Um bando de voadores peixes cruzou comigo
    Um peixe-anjo subiu na vaga e sorriu com ternura

    Contei cada vaga que me afagou o olhar
    Lancei em sorte uma esperança esquecida
    Quanto sal tem a beleza da maresia?
    Para onde viajam os sonhos de uma gaivota adormecida?


    Boa semana


    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  30. Ai que delicia...
    Gosto de me sentir assim.

    Lindo


    BeijOcas

    ResponderExcluir
  31. Lindo Sol. Adorei!!

    Sonhei com vc esta noite. Éramos vizinhas de escritório, ou algo assim. E sabe que vc fazia? Dava aula de como fazer vaso. Era um mais colorido que o outro: verde, amarelo e azul. Todos lindos.

    beijos

    ResponderExcluir
  32. Silenciosamente a música das esferas chega e arrebata sentimentos.

    Beijo pra vc.

    Hod.

    ResponderExcluir
  33. Genial, sensual, táctil... "de alma lavada e joelhos esfolados..."

    ResponderExcluir
  34. ...uauuuu!!!! putz...essa foi pra nos deixar assim: aí! aí! que linda envolvência nesses verssos e ficamos assim de alma lavada...

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  35. ...versos, aqui o teclado nao me obdece, juro.

    ResponderExcluir
  36. A-M-E-I !!!

    Lânguido e sensual...

    Bem vc mesma!!!

    bjos

    ResponderExcluir
  37. Verdades suas, que se fazem nossas, em cada linha...

    ResponderExcluir
  38. Hah, um jogo assim só serve para deixar o prêmio mais gostoso...

    Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de volupia.

    Fique com Deus, menina Solange Maia.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  39. Nooooossssa!

    Mas isso é jeito de encerrar um texto?! Como assim?! Que coisa mais fantástica! Que sensualidade! Que perfeição! Que perfeição!

    É definitivamente uma das coisas mais sensuais que já li na vida. Que sorte! Que sorte!

    MB

    ResponderExcluir