quarta-feira, 17 de março de 2010

vertigem azul (à meia luz)

Gosto da meia luz.

As sombras sempre me fascinaram.

Quando assim, confundo o meu com o teu, os amores com os desejos, a chama com os beijos.


Quero só o tanto de claridade que me permita ver o pôr do sol nas pedras mansas.

Porque quando é assim, a gente vira só um contorno, e tudo parece tão mais real.

Sem os detalhes é que vejo mais.

Só assim enxergo-lhe inteiro.

Só assim sinto. Até o talo.


Então não posso imaginar a felicidade sem estas sombras.

Hora consistentes, e noutras absolutamente voláteis.

À meia luz o começo e o fim se fundem, como numa vertigem azul.

E, embora nem sempre definidos, são absolutamente deslumbrantes.


Como o amor, que só se aprende no abandono dos limites.

Na fronteira do outro.

31 comentários:

  1. À meia luz a imaginação se liberta.

    :*

    ResponderExcluir
  2. Tb adoro ambientes a meia luz, me inspira demais, acho muito sedutor.
    Beijos amiga.

    ResponderExcluir
  3. Climas à meia luz acontecem. Espirais de prazer formam´se aos poucos. As coisas à dois acontecem nesses climas.

    Beijo pra vc.

    Hod.

    ResponderExcluir
  4. Sem comentários. De tão lindo, as palavras nem saem!

    Super abraço minha querida!!!

    ResponderExcluir
  5. Não precisa de muito quando o toque da pele é suficiente...

    E bonito o post.

    Fique com Deus, menina Solange Maia.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Também gosto da meia luz, mas confesso amiga, minha paixão está na luz do sol, quanto mais brilhar, mas forte fico.

    bjsss e ameeeeiii seu texto

    ResponderExcluir
  7. Oi Solange...abuso da cor azul em meus poemas, gostei das palavras no final, elas justificam o sentimento sem limites, sem fronteiras, sem placas de stop, ou pista escorregadia, diminua a velocidade...rs
    Um abraço na alma...bjo...boa quinta para você.

    ResponderExcluir
  8. Adoro o azul e gosto muito do que escreves!beijos,lindo dia!chica

    ResponderExcluir
  9. Demais isso. Eu também gosto de meia luz, do preto e branco. O colorido, pré estabelecido, o óbvio escravizam a imaginaçaão. Parabéns. beijos

    ResponderExcluir
  10. Amar realmente é isto: chegar a fronteira!

    Solange, sempre são lindas as suas palavras!!!

    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Vc me intriga com cada poesia sua...
    Em todas elas, vc as sintetiza em uma só frase.
    Nesse: "À meia luz o começo e o fim se fundem, como uma vertigem azul."
    Muito linda essa frase!!!
    Já pensou num livro para todos esses poemas???

    bjão

    ResponderExcluir
  12. Sol,
    é sempre um prazer vir te ler...
    aprendo mais sobre mim mesma!

    Beijos e vlw de novo pelo post!♥

    ResponderExcluir
  13. Lindo demais Solange!
    Sem palavras.
    Teus textos sempre me emocionam.
    Beijo na alma linda...

    ResponderExcluir
  14. Meia luz, azul, tons que emanam sensibilidade. acho que este blog tem bastante. cheguei aqui através do blog da Carol Sakurá e me encantei. Parabéns! com certeza, com amor, os sonhos serão realidade.

    Pena que estou numa fase um tanto conturbada e não consigo postar seguidamente, tive de dar uma pausa no meu blog, mas assim mesmo visito meus seguidores eventualmente, e acabei por fazer um pouso por aqui. qualquer hora volto de novo.
    BEijos com carinho.
    Cleo

    ResponderExcluir
  15. Não consigo tecer um comentário tão lindo quanto! Maravilhoso!

    ResponderExcluir
  16. Ao crepúsculo, num lugar como este da foto...... divino!

    Climas, imaginação....

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá Solange
    Adoro lugares a meia luz para falar a verdade amo a noite, lindo blog vim pelo blog do amigo Daniel gente boa ele.
    Bjs
    Luciana

    ResponderExcluir
  18. lindas palavras, pra serem lidas à meia luz..
    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  19. lindo demais Sol...vc tem uma sensibilidade que me fascina. Sempre a tenho no meu cantinho tb...parabens! beijos

    ResponderExcluir
  20. Tom, Eucaliptos na Janela e a maia-luz, uma mistura perfeita!
    "Eu, você, nós dois
    Sozinhos neste bar à meia-luz
    E uma grande lua saiu do mar
    Parece que este bar já vai fechar
    E há sempre uma canção
    Para contar
    Aquela velha história
    De um desejo
    Que todas as canções
    Têm pra contar
    E veio aquele beijo
    Aquele beijo
    Aquele beijo"

    ResponderExcluir
  21. Olha aí a sensibilidade se manifestando...
    Creio q somos duas né amiga.
    Doi um tantinho!!!!Dói um tantão rs.
    Obrigado pela sua visita.
    Um beijo grande.

    ResponderExcluir
  22. Oi,
    So,
    passando para agradecer a visita e conhecer o seu espaço e confesso que fiquei encantada. Parabéns é tudo muito lindo...amei...e por isso já tô te seguindo...Bom final de semana, beijão no seu coração e fica com Deus

    ResponderExcluir
  23. Lindooooo***********
    Desculpe-me, querida, mas choro e rio ao mesmo tempo. Porque depois de amanhã eu completo 47 primaveras. Acho que o Amor me sustenta. O Amor é sempre o Vencedor!
    Viva a Vida!

    Beijos******************


    *****


    Poemas são lágrimas ou risos

    me fazem viajar sem destino

    me fazem soltar a imaginação

    me fazem voltar a ser menina





    Inspiram-me facilmente

    eu sinto o encanto ou nostalgia

    de almas belas por dentro

    que traduzem palavras em alegrias





    Inspirar-se aqui é muito fácil

    com poetas e poetisas como vocês

    assim fica mais fácil de certeza

    vemos amor, vemos sensatez





    Fazer poesia é fácil demais

    difícil é usar o sentimento

    exprimindo coisas de dentro

    tendo a alma como instrumento.



    Suely Damn*


    DE POEMAS

    + Kisses
    Have a nice day!
    Thanks!

    ResponderExcluir
  24. Também gosto da meia luz ou da escuridão, acho que assim dá para pensar melhor, se entregar a você e a seus pensamentos.
    Amei a imagem.
    bjo

    ResponderExcluir
  25. Solange
    Feliz Dia do Blogueiro!!
    Passa no meu blog e veja o que fiz...
    Beijão
    Renata

    ResponderExcluir
  26. Um pássaro azul
    abriu as portas do infinito
    como uma luz minuciosa
    abrindo o coração de uma estrela!
    Encontrou a loucura de desejos azuis...


    BeijOOO
    AL

    ResponderExcluir
  27. Tem selinho pra ti do dia do blogueiro em http://memesdamiss.blogspot.com/
    Espero que goste, beijos.

    ResponderExcluir
  28. Oi Solange

    Vim aqui 'plantar' uma semente neste seu blog de Eucaliptos. Minha bandeira olímpica já está fincada entre seus amigos e seguidores.
    Quero tb deixar um carinho enorme pelo nosso dia. Acabei de saber que hj é DIA DOS BLOGUEIROS!!!! Isso mesmo, nosso dia doa tecladores convictos de idéias no ciberespaço...
    Rsssss
    Viva nóis!!!!


    Bj e carinho do seu amigo olímpico.

    ResponderExcluir
  29. O 'até o talo' foi MARAVILHOSO!

    Ah, eu amei... obrigada pelas visitinhas.

    Seu blog é uma delícia.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  30. Oi linda adorei sua vizinha, volte sempre que desejar.
    ~ ~
    A meia luz, adorei ver por teus olhos

    bjos menina

    ResponderExcluir
  31. Só se ama de verdade quando se abandonam os LIMITES...

    Maravilhoso mesmo...

    Te amo, mana...

    ResponderExcluir