quarta-feira, 26 de maio de 2010

Arre... estou farta de semideuses !

(porque as vezes meus olhos ficam assim...)
.
E a gente vive mesmo nesse mundo que acha graça em mascarar a vida.
E ando tão cansada disso tudo.

Se tenho 43, são 43 mesmo.

Se quando sorrio surgem vincos em minha face, são vincos mesmo.

E quando líquidos, meus olhos estão mesmo cheios de emoção.

.

Sei de minha impermanência.

Sei de minhas marcas.

E gosto disso. Gente prá mim tem que ter cicatriz, tem que se cansar, tem que ter alguma “feiúra”.

.

Porque somos feitos dessa finitude.

E é isso que deixa tudo mais bonito.

É isso que faz o hoje valer ainda mais.

Faz o momento, o instante, o segundo, serem a moeda mais valiosa do mundo.

.

Então : eu quero gente.

Gente que pode ter ruga, ter idade, ter barriga...

.

Porque gente assim me atrai pela autenticidade.

Me conquista pela prosa, pelo swing.

Me ganha pela verdade.

E estes sim, a mim são perenes.

A mim são duradouros.

.

"Pinta-me como sou.

Se omitires as cicatrizes e as rugas,

não te pagarei um xelim!"

Oliver Cromwell (em observação a Peter Lely, que pintava seu retrato)

.

Arre, estou farto de semideuses!
Onde é que há gente no mundo?

Fernando Pessoa

36 comentários:

  1. Simplesmente MARAVILHOSO.
    A gente anda farta de semideuses sim, de pessoas que usam máscaras, que não são verdadeiras, que se escondem atrás de plásticas, que não se aceitam e sendo assim não aceitam aos seus próximos.

    Amei, muito.

    Beijos e linda noite.

    ResponderExcluir
  2. As pessoas paenas recolheram dentro do próprio coração, hibernando por baixo da maquiagens..

    Fique com Deus, menina Solange Maia.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Adoro passar aqui! Ia comentar o posto abaixo. Bonito que só. Mas qual não é? É tão, tão, tão difícil escolher e comentar. A vontade é escrever a mesma coisa em todos "lindo demais",mas aí fica maçante e chato.

    Então neste que tocou-me feito luva de pelica, eu digo:

    -Arre égua que post porreta!!!!

    (jeito nordestino, peguei emprestado de mainha...rs)

    Engraçado, pq li dia destes email do Arnaldo Jabur a respeito disto.
    Achei beleza pura, bacana demais.
    Faz perfeita sintonia com seu texto.

    E ratifico,cansada/enjoada/farta de semideuses!

    Um beijo grande querida!

    ResponderExcluir
  5. Encaixo no perfil, mas uso um creminho para as rugas de expressão, tudo bem ?

    ResponderExcluir
  6. Tenho 52 anos, tenho netos, seu sorriso faz uma covinha, eu devo ter cara de avó, vão logo bagunçando minha casa, pedindo bolo, eu realmente sou linda, levei alguns anos para ter essa cara de avò, levei um grande período para ter netos.....esquecí de tudo, reaprendí a fazer arte.........hoje sou uma menina........bjks...Gil.....rs....vou escrever isso lá no meu blog.......

    ResponderExcluir
  7. Quanta verdade por aqui! Autenticidade é tudo de bom,beijos,chica

    ResponderExcluir
  8. beijos e bom dia!

    Se amar-te foi um pecado,
    então já estou sentenciado.
    Meu corpo já não me pertence,
    minha mente foi subjugada,
    pertinaz, só tenciona ter-te.
    Espero de Deus, apenas piedade
    quando penitente eu morrer de amor
    tenha da minha dor, compaixão
    e absolva o espírito deste homem
    que em desatino para ti entregou:
    o corpo, a alma e o coração!

    Valter Montani

    ResponderExcluir
  9. Adorei!! parabéns... e quem não está farto de semi deuses? só eles mesmos!! abraço

    ResponderExcluir
  10. gosto de ouvir pessoas que falam verdades ,..,. eu gosto disso

    ResponderExcluir
  11. Lindo, lindo, lindo!
    Eu também amo gente!
    Beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  12. Que bom saber das pessoas de verdade!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Eu também escolho gente como a gente!

    *linda foto!

    ResponderExcluir
  14. Ah linda mais que linda!
    A gente se encontra sempre nessa sua escrita, que fala coisa bonita, que ao mesmo tempo me diz...
    Beijocas, querida!
    Clau

    ResponderExcluir
  15. Olá Solange...
    AI, SIM, SEM PALAVRAS, RESPIRO FUNDO...
    verdade, como a verdade é, clara, transparente...
    Que lindo, perfeito, majestoso.
    Parabéns
    beijos
    Lu Silva

    ResponderExcluir
  16. Sol, como sempre LINDO! .
    Eu gosto de gente de verdade, gente por inteiro .
    Que carrega marcas, cicatrizes, coisas de quem VIVE .

    Beijo

    ResponderExcluir
  17. Minha MANA AMADA de meu coração...não seríamos tão diferentes se não fossemos tão IGUAIS!

    É isto...é exatamente isto...amo nossas ruguinhas, nossa pele mais flácida, nossos fiozinhos de cabelo branco que retocamos quase que mensalmente, amo me sentir mais cansada do que antes, amo entender que vivi PLENAMENTE meus 41 anos de idade ...vivi com TUDO, vivi 100%, fiz tudo o que tive vontade, casei, descasei, me casei de novo, acreditei, desacreditei, e ACREDITO DE NOVO...pois SONHO...SEMPRE!

    Amo também a seleção natural que podemos fazer , como ESCOLHER gente de verdade...gente duradoura...

    "Então : eu quero gente.

    Gente que pode ter ruga, ter idade, ter barriga...

    .

    Porque gente assim me atrai pela autenticidade.

    Me conquista pela prosa, pelo swing.

    Me ganha pela verdade.

    E estes sim, a mim são perenes.

    A mim são duradouros."


    E estas nossas lindas marcas nos fazem MULHERES MARAVILHOSAS...pois somos realmente MULHERES DE VERDADE, que sabemos bem a DOR e a DELÍCIA de sermos o que somos:AUTÊNTICAS!
    E quanto mais o tempo passa, mais formosas ficamos, mais maduras...

    Com o tempo, vamos aprendendo a DESPIR nossas almas e mostrarmos para valer quem somos...e o principal:o que trazemos por DENTRO...que para mim, é o que vale...

    Coincidentemente, de um pulinho lá no meu blog...vai gostar do que postei hoje...é a nossa deliciosa sintonia de carregarmos o mesmo sobrenome: MAIA.

    Te amo, sua LINDA!

    Bia 100% MAIA

    ResponderExcluir
  18. Lindo, solange, seu ultimo post.
    A passagem que vc transformou em título, do poema em linha reta, faz parte do texto que eu sempre levo cmgo. Inclusive está no meu blog. Se vc tive roportunidade passa por lá. Seria um prazer recebê-la por lá. Enfim, gosto do seu blog, e parabéns!

    ResponderExcluir
  19. VC é muito da sua bonita! rs...Olá, é a primeira vez em que eu ando por aqui. Genteee quanta PESONALIDADE hein, naquilo que escreve, dá quase para sentir o estrondor de sua voz!

    Assim, que é bom pqr: "Porque gente assim me atrai pela autenticidade." Tmbm me atrai.

    Um grande abraço, e uma quinta abençoada!

    Xêruuu ...Lu

    ResponderExcluir
  20. Lembrei-me de "Aurora",
    poema que publiquei
    em 2 de dezembro de 2009
    em minha confeitaria poética,
    ao abordar o fenômeno "Crepúsculo":


    "Mas o que há
    de tão sedutor
    em um vampiro?

    O vislumbrar
    de um amor
    que seja eterno?

    O olhar
    de um calor
    que vem do inferno?

    Há mais virtude
    na infinitude
    de um suspiro..."


    Beijo,
    doce de lira

    http://docedelira.blogspot.com/2009/12/aurora.html

    ResponderExcluir
  21. "Sei de minha impermanência.
    Sei de minhas marcas.
    E gosto disso. Gente prá mim tem que ter cicatriz, tem que se cansar, tem que ter alguma “feiúra”. "

    seu blog é liiindo! adorei o jeito que você escreve! beijoos

    ResponderExcluir
  22. Lindo como sempre!!
    Adorei a citação do Fernando...
    Onde estão as pessoas???
    beijos

    ResponderExcluir
  23. Aham, penso o mesmo. Andei pensando justamente sobre semideuses nos últimos dias. Logo me arriscarei a escrever tbm sobre isso. Vc é brilhante!!!

    Bjos.

    ResponderExcluir
  24. Solange,

    Também ando cansada de máscaras! Costumo cuidar do meu corpo pelo avesso... No dentro, as rugas e a flacidez da pele contam uma linda história de vida... Vida que valeu a pena! Mais uma vez você me comove... Lindamente!

    ResponderExcluir
  25. Minha querida
    Gostei das tuas palavras.
    Abaxo as máscaras, eu não tenho problemas de dizer que tenho 58 anos, não tenho vergonha de ter o meu cabelo todo branco, que sou muito vaidosa dele (não pinto).
    O que somos é a nossa vivência.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  26. Solange,
    O mundo está cheio de gente que não aceita o amadurecimento e as marcas inevitáveis do tempo.
    Esses, os semideuses, acabam envelhecendo prematuramente, embora nem percebam.
    O ser humano pensa tão pequeno as vezes. Dá dó...
    BjO*

    ResponderExcluir
  27. Há que se lembrar aos outros que a alma não fica embaixo do queixo, muito menos no culote. Parece que não sabem, ou se sabem, fingem que esqueceram só pra esticar a pele mais um pouco. Basta saber se depois de tantos cortes ainda cabem em si, ou acabam jogando no lixo o que não entra na calça 38. E lá se vai o coração...

    Lindo desabafo, Solange. Compartilhemos.

    Beijoca, flor.

    ResponderExcluir
  28. Solange compartilho da sua opinião. Somos pessoas que com o passar dos anos perdermos o viço, criamos rugas, engordamos um pouco, mas se a saúde estiver legal, o que são essas pequenas marcas do tempo?
    Amenisar de forma natural essa passagem, acho bacana. A vaidade sem exageros.
    Não busco a fórmula da juventude, pois acredito que a mesma encontra-se dentro de cada um de nós.
    Um beijinho

    ResponderExcluir
  29. Sei de minha impermanência.

    Sei de minhas marcas.

    E gosto disso. Gente prá mim tem que ter cicatriz, tem que se cansar, tem que ter alguma “feiúra”.
    Soli, quantas verdades!
    amei tambem um comentário do valor de aprender a cuidar do corpo pelo avesso... pois acredito que cuidando da alma e da saude, a aparencia estara sempre bela.
    um beijo enorme!!!
    Lulu

    ResponderExcluir
  30. Solange,

    Sua postagem lembrou-me de Mário Quintana, em espelho mágico, que escreveu o seguinte:

    A FELICIDADE
    Quantas vezes a gente, em busca da aventura,
    Procede tal e qual o avozinho infeliz:
    Em vão, por toda parte, os óculos procura,
    Tendo-os na ponta do nariz!

    Tenha um final de semana lindo!
    Abraços

    ResponderExcluir
  31. "Por seres tão inventivo
    E pareceres contínuo
    Tempo tempo tempo tempo
    És um dos deuses mais lindos
    Tempo tempo tempo tempo..."
    Nem os Semideuses enganam o tempo!
    bj

    ResponderExcluir
  32. Solange mulher, pelo amor de Deus me devolva as palavras, porque me deixas assim, sem poder "te comentar"...porque você diz TUDO num texto "pequeno", simples, direto, e isso é tão, tão LINDO!!!
    Toda vez que venho aqui não consigo dizer outra palavra, você escreve LINDAMENTE!

    Concordo sim, com tudo, claro. E por falar em gente eu nunca vi ninguém mais "gente" que você, nem falar de "gente" como falas. Sua transparência é admirável.
    Abaixo as máscaras de todas as formas, as sociais, as de personalidade, as físicas (cirúrgicas e cosmetológicas, kkkkkkkkkk), enfim, tudo aquilo que pode nos "desumanizar".

    Também adoro gente, sou muito gente, adoro você, adoro te ler, sou sua fã...já disse isso né?? rsrs

    Beijos GENTE fina...

    ResponderExcluir
  33. ás vezes as pessoas me enojam,por não serem mais humanas .. gostei do blog

    ResponderExcluir
  34. Texto muito bonito e autentico Solange...
    isso fale do que vc gosta e quer, grite até que um dia alguém escute!!
    beijo grande !

    ResponderExcluir
  35. PQP, AMEI ISSO: "E gosto disso. Gente prá mim tem que ter cicatriz, tem que se cansar, tem que ter alguma “feiúra”.

    Mais bem-dito e mais certeiro impossível, eu poderi ter escrito isso, com certeza, e bato meu martelo... demais MENINA!

    um beijo, sincero!

    ResponderExcluir