quinta-feira, 14 de julho de 2011

not so deep thoughts...

Ando com falta da superfície das coisas.
Daqueles momentos corriqueiros e tolos que nos fazem tão bem.
Das conversas furadas que não exigem tanto de mim.
De ver gente bonita, lugar bonito, sapato bonito.
De acreditar em previsões felizes e em dias de sorte.

Porque assim, sem esforço para compreender tanto a vida, meus pensamentos descansam, e posso até acreditar que vou encontrar o amor da minha vida na próxima esquina.
.

19 comentários:

  1. E a esquina é tão perto que as vezes a gente não vê.

    ResponderExcluir
  2. E quem sabe?!
    As "coisas" acontecem, não é?!

    ResponderExcluir
  3. adorei teu blog!
    Estou te seguindo.
    Me segue também se possível :)

    http://sucumbindoaodestino.blogspot.com/

    obrigada e parabéns pelo trabalho :D

    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Solange,

    Precisamos abrir nossos horizontes, como disse o anonimo acima " a esquina está aí para ser vista".

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Solange, querida, adorei o post.

    Essas coisas bobas, pequenas e aparentemente tão triviais nos fazem tanta falta....

    a felicidade se constrói de momentos assim, bobos.

    Gosto mt do jeito que escreve.

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Estou há um tempinho aqui lendo fragmentos de ternura que acariciam.
    São momentos femininos quase sempre. Fora o amor esse incondicionalmente sem genero.
    obrigada Solange adoro essa sua janela de eucaliptos.
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Eis a superfície
    mais profunda
    que existe:

    essa das palavras soltas,
    dos olhares perdidos,
    das sensações inesperadas...

    - VIDA -

    ResponderExcluir
  8. Ah! Solange, estava já com saudades!

    Beijos!
    AL

    ResponderExcluir
  9. Há muito tempo acompanho suas histórias, sempre em silêncio. Hoje resolvi dizer o quanto gosto daqui e o quanto é bom que seus eucaliptos estejam sempre na janela e suas palavras estejam sempre aqui, cheias de sinceridade.

    Também ando torcendo pra que a vida seja mais leve e tentando acalmar os pensamentos. Tem coisas que realmente não têm e nem pedem explicação...

    ResponderExcluir
  10. Gostei da sua postagem porque às vezes olhamas mas não vemos. Meus parabéns.

    ResponderExcluir
  11. Gostei do seu post, realmente é parecido com o que eu sinto... Viver na superfície é bom, sem esforços, sem decepções...

    ResponderExcluir
  12. lógico que vai!

    aliás: VAMOS!

    beijos sua linda!

    ResponderExcluir
  13. Onde vc acha essa inspiração maravilhosa?!

    Sumi mas voltei! Lord Blogger me deu uma trégua e consegui acessar meu blog novamente ... se você me aguentar, continuarei escrevendo!

    Beijo querida!

    ResponderExcluir
  14. Tudo acontecerá no momento certo, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  15. Pois é isso,Solange.
    Tem vezes que queremos na superficialidade encontrar,não pensar tão profundamente justamente para encontrar surpresa!
    Gosto demais de dias assim...
    Beijo no coração,obrigada pelo carinho no meu blog .E quanto a encontrar um amor na esquina...Eu acredito!

    ResponderExcluir
  16. Hoje estou aqui para agradecê-la, obrigada pela sua companhia mesmo qdo estou ausente, é gratificante para mim saber que posso contar com ela, meu muito obrigada Solange, logo falarei o motivo de estar ficando tanto ausente assim, é contra a minha vontade.

    Um gde abraço.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  17. A rotina.
    Nos cansa, mas quando falta, morremos de saudade.

    Beijos tesouro dessa vida.

    ResponderExcluir
  18. Hoje eu quero encontrá-lo na esquina.
    Quero segurar pelas mãos o amor, antes de atravessar a rua!
    Lindo post ! Lindo mesmo ..
    Beijos, boa semana!

    ResponderExcluir
  19. Sol

    A vida é cheia delas(esquinas). Talvez esteja na hora de "dobrá-las".

    Bjo

    ResponderExcluir