terça-feira, 22 de setembro de 2009

Vazio

Nossos beijos eram todos alicerçados numa história passageira.
De felicidades rápidas e euforias impermanentes.
E para que não me escapasse nada,
Nenhuma linha ou traço,
Nenhum nó ou viés,
Anotei cada gesto em bilhetes.

E simulei uma intimidade que nem existia.
Ninguém fingiu melhor que eu.
Enquanto você tentava me caber, eu tentava te amar.

E a gente, que até tinha uma história charmosa,
dessas feitas de acasos, encontros e paixões,
não sabia fazer durar mais do que um instante.
Porque é preciso muito esforço pra manter esse tipo de alegria.

É preciso saber dar um riso oco.
E acho que não sei sorrir assim.

19 comentários:

  1. Sempre fica um vazio quando uma história termina, dói, mas nós somos mais fortes que qualquer vazio. Nós temos muito de nós para preencher a vida e dar-lhe sentido.
    Riso oco? Sorria para a vida e siga em frente. Ainda dói? Oras, você vai deixar-se abater? Você é linda, a vida é linda, o que mais é preciso?
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Tb não sei dar risos ocos ou chorar vazio...
    Muito lindo o que vc escreve, sabia?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. sorrir, só com a alma...
    beijo na alma pra ti

    ResponderExcluir
  4. Vamos por etapa, você se dou pelo romance, mas não foi para frente, então menina, encontre alguém que te coloque um sorriso no rosto com a foto da postagem...

    Fique com Deus, menina Solange.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Faltou essência Sol. Meio contraditório visto que isso você tem de sobra. Se dê um tempo e espere só, verá um lindo sorriso pleno em seus lábios de volta. Porque nós temos essa capacidade de continuar sonhando mesmo quando não são mais sonhos coloridos...

    Beijos na alma
    Layla Barlavento
    http://culpadowalter.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Toda história de amor vale a pena...
    mesmo quando existe um vazio...
    mesmo quando se descobre que nem tudo foi verdade...
    enfim é a vida
    as vezes enganamos ou somos enganados
    Belo post amiga
    Beijos aliciantes

    ResponderExcluir
  7. lindo post.

    mas a vida é assim,
    com muita gente falando que vai passar,
    oque em alguns segundos de dor se tornam eternos.



    beijOO

    ResponderExcluir
  8. Sorrir por sorrir, sei bem do que vc esta falando, sabe porque, porque nesse momento até isso me falta.
    Nem o sorriso oco, consigo fazer.
    bj!

    ResponderExcluir
  9. fingir o sentimentos será sempre como construir um castelo de cartas, qualquer brisa o derrubará.

    ResponderExcluir
  10. Oi Solange, já havia comentado, mas o coments não foi, acabei desistindo, mas voltei...
    A impressão que me dá é que não era mesmo para ser, sei lá...
    Mas a forma como você narra os fatos por meio da poesia ficou muito bom, algumas frases então ficaram super boas...

    "Enquanto você tentava me caber, eu tentava te amar"...muito legal esta expressão para significar o pretendido...

    Belo poema...um abraço na alma...bjo

    ResponderExcluir
  11. Sol,
    Eu também não sei.
    Mas já vi histórias assim,
    e te confesso, que, apesar
    das simulações que eu inventava,
    e que na verdade, não exstiam
    realmente, e também apesar do
    vazio que sempre ficava,
    essas histórias para mim
    são inesquecíveis.
    Você tem o dom de mexer em coisas
    adormecidas, menina !
    Monte de beijos!

    ResponderExcluir
  12. Mas ainda bem que é uma menina e o amor não saiu de você.As pessoas saem de nossas vidas,mas a capacidade de amar permanece.É isso que importa.beijos beijos beijos

    ResponderExcluir
  13. O que importa na vida são as transformações que passamos. Se tudo que vivemos é para nos tornarmos pessoas melhores, então, que venham as experiências! Sempre em frente porque esse é o melhor caminho! Suas palavras continuam lindas, apesar de vc estar se sentindo quebrada.
    Um beijo carinhoso!
    Karina

    ResponderExcluir
  14. Tudo parece pouco, quando mais completo estamos.

    ResponderExcluir
  15. Todo encontro acarreta em sofrimento. Senão por que deixariam de existir os conflitos, os temores e as inseguranças?
    Como justificar minhas mazelas? Somente para mim elas são importantes!!!???

    Hod.

    ResponderExcluir
  16. Nossa, que lindo isso!
    eu não consigo disfarçar no olhar, esse sempre me entrega.
    adorei demais o seu blog!
    parabéns
    beeeeijos

    ResponderExcluir
  17. Solange, o amor é de cada um: se compartilha, se dá ou empresta! Sentimento que nos preenche e que ao mesmo tempo nos traz um vazio..
    Belo e formoso poema. Abraços

    ResponderExcluir
  18. Ola!
    Vim agradecer a sua presença na festa do meu aniversário.
    A festa estava muito linda. Nossa, fiquei encantada.
    Foi um dia muito especial e diferente na minha vida.
    Nunca pensei que pudesse comemorar aniversário virtual, assim tão lindo e afetivo.
    Sua presença foi de uma valia sem fim. agradeço seu enorme carinho e dedicação.
    Fiquei muito, muito feliz com a sua presença.

    Conquistar pessoas, não é assim tão fácil. Mas acredito que o carinho sincero que tenho dedicado a cada uma das pessoas que passam pelos em meus blogs, me faz ser cada vez mais querida e visitada.
    É com todo este carinho que me dedico para fazer o melhor, para lhe oferecer.
    Muito Obrigada pela presença.
    Me senti muito orgulhosa, em receber você.

    Com Muito Carinho
    Sandra

    ResponderExcluir
  19. Olá linda amiga, voltei
    Estive a ler um pouquinho o que tem escrito mas a profundidade dos seus escritos "obrigam " a várias visitas:-) Por agora adorei este e aqui deixo os parabéns uma vez mais.
    Beijinhos com carinho

    ResponderExcluir