sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

A tentativa mais vã.

E nós, mais uma vez quebramos as regras.

O coração a bater na boca, desconhecendo qualquer prudência.

Fizemos amor depois de tudo terminado,

como se para recuperar o que já havíamos perdido.


Mas perdemos ainda mais : perdemo-nos um ao outro.

29 comentários:

  1. Muito legal, parabéns pelas belas palavras.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Pois... normalmente é o que irremediavelmente acontece num caso desses...:)

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga.
    O amor é assim, uma sucessão de improvisos.Quando pensamos q vai dar certo, lá vem ele abocanhando as esperanças.
    Eu ainda acredito na metade da laranja,o q funciona para um, ñ funciona para o outro,então as metades estão trocadas.Preciso acreditar nisso para encontrar a minha metade certa hua hua.
    Beijokas
    beijokas.

    ResponderExcluir
  4. De repente,ainda voltem a se achar,não ? beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. Sempre tentamos...e o que nos move pode não ser o mesmo amor de antes, mas a esperança da retomada, retomar o que nos faz falta...ah essa busca pode ser tão dolorosa!!!!

    Solange como sempre você muito verdadeira e tão delicada nas palavras...adoro te ler!!

    Beijossss,
    Kenia Araújo.

    ResponderExcluir
  6. O sexo as vezes é um refúgio perigoso. Ou nos reconectamos ao outro ou nos afastamos ainda mais... Bjus.

    http://submundosemmim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Nem sempre dá pra recuperar o que se perdeu, as vezes perdemos mais ainda.

    Ah, amei a imagem!

    ResponderExcluir
  8. As vezes há atos que nunca voltam, ou devem voltar, pois os seus momentos na nossa vida já passou...

    Fique com Deus, menina Solange Maia.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. eu já fiz isso..
    e não tem nada mais excitante..
    bjs.Sol..

    ResponderExcluir
  10. E não é que quanto mais tentamos nos agarrar à certas coisas mais elas fogem?
    Belas palavras.

    ResponderExcluir
  11. Pow, quebrar as regras é o mais legal!
    SHAUSHAHUAHSAUSHASUAHSAH

    =P

    ResponderExcluir
  12. a melhor força de resolver os problemas.

    bjosss...

    ResponderExcluir
  13. Oi Solange,
    triste este post.
    Espero que consigam se encontrar novamente!
    Nem sempre o fim significa falta de amor, e se ele ainda estiver ai batendo no peito descompassadamente, talvez a tentativa não tenha sido vã. Tudo tem seu tempo certo de acontecer, talvez só não era para ser agora.
    Solange quero te convidar para participar da minha primeira coletiva em comemoração ao aniversário de uma ano do meu blog, será dia 28 deste mês e ficarei muito feliz com tua presença!
    Espero por você viu!
    Doce beijo na alma e fique com Deus...

    ResponderExcluir
  14. Doce Eucaliptiana...
    Lindo seu poema, mas penso que as regras podem até terem sido quebradas, mas se fizeram amor, por si só, nada havia terminado ainda, poderia estar por um fio, no máximo. Talvez, agora sim, terminou, mas deixe florescer (e perceba por sua janela) não a sensação de "perder-se", mas de reencontrar-se.
    Abraços, cheiro!

    ResponderExcluir
  15. Quem sabe nãose perdem agora "um no outro"
    Um abraço na alma...bjo...lindo poema

    ResponderExcluir
  16. Sô,

    "Tudo vale a pena se a alma não é pequena"

    Sábias palavras de Fernando Pessoa!!!

    Qdo se ama... Mesmo nos perdendo... Podemos reencontrar de novo!!!

    Bom fim de semana!!!

    bjão

    ResponderExcluir
  17. Obrigado pela visita retribuída,
    confesso que o nome do blog me inspirou um poema "ENTARDECER", depois da uma olhadinha.

    Beijo Grande.

    ResponderExcluir
  18. Solange, obrigada pela sua visita no meu Orgulho de Ser.
    Sabe que quem ainda não viveu essa situação a que você brilhantemente poetizou não sabe o que é sofrer por amor. O mais legal de destacar é, depois de superada a dor, a lembrança que fica e o fato de saber que a vida segue.
    Bjs, querida e um super fim de semana!

    ResponderExcluir
  19. Olá Sol,
    visitar este cantinho é sempre prazeroso.
    Parabéns pelas palavras carregadas de sensibilidade e vida.
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. pOis é néh ??

    fazemOs issO aChandO que tudO que ja se passou vOlte em fraçãO de segundOs... segundOs que naquele momentO se torna únicO ... mais e depois como fika??

    Bate arrependimentO ?? mais será msm que arrependimento é a palavras certa qdo nós falamos de errOs cometidOs por AMAR? ... Acho que naum ... qdO se ama de vdd o maior arrependimento é aquele que vem depois que vc deixa de fazer algO... e fika supondo de como seria se tivesse se entregado naquele momento tãO especial !!!

    entãO achO que devemOs nos envolver e deixar que o coraçãO nos siga.. e se naum der CertO, naum tem pq se arrepender afina vC fez aquilo por AMAR !!!


    PS: Adoreii passar pOr akii '-' (ja estOu te seguiindO) =D

    BeiijOs

    ResponderExcluir
  21. Ai Solange confesso que as vezes é bom quebrar as regras né não?
    mas....tem sempre o mais só se as regras não forem magoar muita gente!!
    beijo grande menina !!

    ResponderExcluir
  22. Sexo sem compromisso com alguém que já foi muito importante é abrir feridas na certa!

    Bj

    ResponderExcluir
  23. Solange,
    Amar é esgotar todas as possibilidades... E depois, renascer das cinzas!

    ResponderExcluir
  24. aahh se já perdemos a noçao da hora , se juntos já jogamos tudo fora ...me diga agora aonde eu devo ir...saudades de ti ,tia So dos eucaliptos perfumados . beijos

    ResponderExcluir
  25. Ser poeta é temperar com cores o nosso pensamento. Como vc sempre faz tão lindamente. Bj

    ResponderExcluir
  26. Oi Solange, tudo bem?
    Esses reencontros acabam com a gente, principalmente quando ainda ñ estamos recuperados, rsrs
    Gente, mutíssimo obrigado pelo comentário, pelos elogios, fiquei super feliz em q gostou tanto assim dele. Convido a voltar mais vezes.
    Um bjo
    :)

    ResponderExcluir
  27. ...e fica um gosto ao menos de um momento perdidos um no outro.

    tuas palavras sempre tão intensas.

    beijos e otima semana!

    ResponderExcluir