domingo, 17 de outubro de 2010

tremo de desejo...

(*)
.

Sei que gosta de como trato a nudez,

que em meu caso nunca é só a nudez.

Tem sempre um além a ser visto.

A pele é óbvia.

É exposta, é permitida, é tocada.

Mas a nudez não. Não a minha.

Tenho que ser percebida em minha transparência.

.

Cada vez que me vê há uma nova fenda, que leva a outra,

e a um vão, uma ruptura, uma descontinuidade.

Se relaxar os sentidos, verá um espelho, um vazio, um contorno.

.

Minha nudez só é real, se for a de dentro.

Sim, trago todas as minhas narrativas amorosas no corpo,

mas só gozo na alma.

.

É ela que treme de desejo.

.
(*) - Fotografia de Helmut Newton
fotógrafo de erotismo sofisticado, controverso, romântico, lindo... lindo...

38 comentários:

  1. Minha nudez só é real, se for a de dentro.

    Sim, trago todas as minhas narrativas amorosas no corpo,

    mas só gozo na alma.

    .

    É ela que treme de desejo.


    Dizer o queeeeeeeeee, So?

    Só me arrepiei aqui,lindo, lindooooo demais!

    Um forte abraço meu!

    ResponderExcluir
  2. Uma coisa louca foi eu tremer agora,
    do nada me aparece seu blog na timeline
    e me animo pra noite de domingo lendo-a
    que venha nudez e saliencias pela frente, vendo realmente profundamente. Abrçs

    ResponderExcluir
  3. Uau, intensamente perfeito. Adorei amiga.
    Linda semana pra ti, beijos.

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que lindo!
    me lembrou MUITO um texto da Fernanda Mello:

    "Não é só sua nudez anatômica que me atrai
    Mas a sua nudez artística estampada nas veias
    Agradeço à Adélia Prado:
    Erótica mesmo é a alma."

    Achei lindo chegar aqui e já me sentir decirada.
    E obrigada pela visita, vou seguir com o amior prazer! =)

    ResponderExcluir
  5. Intenso. Perfeito.

    Completamente sem palavras, pois a alma goza e suspira com os versos lidos aqui!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Nudez da alma, esta que mostra toda a extenão de nossos sentimentos...

    E boa semana para ti menina Solange.

    Fique com Deus, menina.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. A nudez é o espelho da nudez. Ao percebê-la, atravessa-se o vidro do espelho e entra-se num mundo de que só se consegue sair se se tiver desnudado antes. Ou quando ela acabe. Como o poema.

    Maravilhosa poesia, Solange!
    Beijo doce.

    ResponderExcluir
  8. Olá!!
    Nossa!!! Que personalidade a sua para escrever tudo isso. Texto ma-ra-vi-lho-so.
    Parabéns pela coragem de um texto tão provocante.

    Adorei estar aqui pela primeira vez
    (vi seu comentário no blog da Du Karmona e vim te visitar.)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Menina... Sem palavras. Nunca li tamanha verdade em tão simples palavras. Elas sozinhas são apenas palavras. Neste seu contexto são verdades sábias. Texto e foto mais uma vez encaixados de forma perfeita. Também adoro Helmut Newton... Ele é fantástico no que faz!

    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  10. Muito, muito lindo. Muito intenso. Muito feminino.
    Como mulher, eu assinaria embaixo; como fã que sou da sua poesia, eu aplaudo!
    Parabéns.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  11. Solange,

    A nudez das palavras reflete a beleza e a delicadeza da tua escrita. E, o verbo amar do teu amor é tão intenso que ilumina a distância que existe entre nós. Por conta disso, somos agraciados e participamos contigo desse gozo da alma. Parabéns! Um texto para se tirar o chapéu...

    PS: Aguardo com ansiedade os meus livros. Beijo na alma.

    ResponderExcluir
  12. Olá, Solange! Obrigada por passar pelo meu cantinho! Mas vem cá, que texto maravilhoso é este?! Intenso, pura beleza. Tremi aqui!

    Bom começo de semana.
    Um beijo,
    ^^

    ResponderExcluir
  13. Extremamente belo.
    Se todos gozassem na alma haveria mais amor verdadeiro pela face da TERRA.
    Abraço

    ResponderExcluir
  14. ...se alma goza todo corpo
    transborda.

    e você, perfeita como sempre!

    eu tenho vontade de apertar
    a buchecha da Bebela...

    tão linda quanto a mamy!

    bjs às duas!

    ResponderExcluir
  15. Hello my friend, Your site is great, good job you do.
    I also created many blogs but not good like yours, I mean the visitors.So

    Please
    could you exchange link with me?
    Here are my blogs. you could choose to exchange ,

    http://khmernewstoday.blogspot.com/

    for news

    ResponderExcluir
  16. Nudez da alma essatudo mostra...Lindo!beijos e ótima semana,chica

    ResponderExcluir
  17. Obrigadão pela sua visita, por você seguir e principalmente por suas palavras =D palavras são fortes e cativa nosso coração, estou te seguindo também, que alias escreve muito bem, cada vírgula, ponto, consoante, vogal sua percebe-se que tem um pouco de você. Amei lindona. Vou vim mais vezes aqui!

    Beijos
    @lisandralavigne

    ResponderExcluir
  18. Um trabalho muito bonito, cheio de ternura e que me colocou a pensar.

    Parabéns, tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  19. Vc trata da nudez mais bela e mais difícil.
    A da alma

    ResponderExcluir
  20. Nós que trememos com tamanha lenidade e clareza com o que nos remete.

    Fico muito lisonjeado por tais elogios.

    Gostei daqui e estou te seguindo.

    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  21. Nenhuma nudez é tão superficial que não possa ser descacada. A visualização da alma é a melhor das fotografias! =)

    Adorei aqui.

    Following you. :*

    ResponderExcluir
  22. Despir-se é resguardar o invisível sob a máscara do óbvio. Despirem-nos é que é mais arriscado...a queda lenta dos véus que nem nós mesmos sabíamos nos recobrirem...

    ResponderExcluir
  23. Solange,

    e existem pessoas que conseguem perceber isto. E sempre estamos nuas, diante delas.

    beijos

    ResponderExcluir
  24. Nossa ficou muito bom mesmo.
    Eu adorei.
    bjs

    ResponderExcluir
  25. É preciso despir os olhos, tirar as armaduras da alma para ver o que está diante dos olhos, a verdadeira nudez.

    Lindíssimo!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. ai que lindo Sol!
    sensível e verdadeiro..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  27. Só se permite à nudez quem pode suportar o peso das roupas.
    Beijos!
    P.S A foto realmente é linda, mas casou com perfeição com o seu texto. Comunhão de ideais.

    ResponderExcluir
  28. Esta poesia é quase irreal.
    Fiquei sem palavras, senti um arrepio a invadir-me e senti esse frémito do desejo.
    Magnifica e ilustrada com uma maravilhosa fotografia.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  29. Boas pra você... tudo e SEMPRE, Solange!
    Por mais que busque adjetivos para mostrar o quanto gostei e gosto do q você escreve Com você fico comum e obsoleta, as palavras não captam sua total sensibilidade....
    Mas mesmo assim, continuas sendo minha poetisa preferida, indubitavelmente!
    Bjs e Inté!
    Adorei a foto.

    ResponderExcluir
  30. Que poesia mais que perfeita.
    Cheia de sensualidade e profundidade.
    Se desejou aferrar uma alma poética conseguiu com perfeição.

    Um imenso abraço de Baerdal.

    ResponderExcluir
  31. Muito bom.
    A nudez dentro da própria nudez. Não é tão simplista como parece, né?!

    Daniel

    ResponderExcluir
  32. Solange
    Texto lindo lindo! A nudez mais difícil é a de dentro, mas é essa que nos descansa a alma!

    Beijos
    Anne

    ResponderExcluir
  33. Mostrar-se ao outro e perceber o outro é algo muito além da pele, isso só se revele com muito amor... Tem texto novo o Sub Mundos. Bjus.

    http://submundosemmim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  34. Deliciosa de sentir e imaginar...
    Adoro suas palavras
    =**

    ResponderExcluir