quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

bonito é não saber...

Gosto de pensar no que aproxima as pessoas.

Elas estão lá, como sempre estiveram, mas um dia alguma pequena coisa, um instante, um hiato, faz tudo mudar. Um olhar mais demorado e uma passa a existir para a outra. No começo muito delicadamente, um pensamento aqui, outro ali. Logo passam a existir com mais freqüência, e acontece que dá uma vontade enorme de saber um pouco mais, um desejo inconfessado de ter por perto, de saber por dentro...

.

Acho que acontece mais ou menos assim :

.

Ainda não sei quem é você.

Também não sei por que diz o que diz, ou por que me faz sentir as coisas que sinto.

Nem sei se é de verdade.

Mas quando me escreve no meio do dia e diz que está pensando em mim, me faz pensar o resto do dia em você.

.

Mas as pessoas precisam mais.

E como em tudo que é bonito, ficam procurando entender. Querem definições, querem saber.

E aí precisam das palavras, como se elas pudessem explicar o que não se explica.

Se pudesse cochichava em seus ouvidos : shhhh....

Porque bonito mesmo, é não saber.

.

17 comentários:

  1. Oi Solange!

    Que cantinho gostoso esse seu!
    Deixo o convite para vir me visitar.
    Te sigo com alegria!

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. "...podia ser verdade, podia ser mentira, é essa a insuficiência das palavras, ou, pelo contrário, a sua condenação por duplicidade sistemática, uma palavra mente, com a mesma palavra se diz a verdade, não somos o que dizemos, somos o crédito que nos dão, (...)"

    Dele o que soube tão bem usar as palavras: [José Saramago]
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Vai tudo acontecendo naturalmente...

    Beijos linda

    ResponderExcluir
  4. Melhor é não saber...
    Gostei.

    O ser humano tem essa necessidade incontrolável de saber, entender, dominar a situação, quando na maioria das vezes o bom mesmo é deixar fluir.

    Adorei o blog.

    ResponderExcluir
  5. lindo Sol..

    melhor viver sem saber..
    saber sentir..
    pra sentir o que nunca se soube..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  6. Lindíssimo texto, como sempre.
    Realmente, certas coisas foram feitas para serem vividas e não explicadas!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Flor dos textos que já li aqui esse me surpriendeu e me preencheu, nossa, muito lindo mesmo.

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. muito bom o texto adorei!!
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Bonito é Sol!
    Mas quisera eu não saber e não compreender a minha dor...
    Agora apenas dói, mas latejou o fim de semana... E do marido nada de compreensão, apenas palavras ásperas...
    Quisera eu não saber...

    bjo

    ResponderExcluir
  10. Mas que a vontade fica desinquietando a gente minuto apos minuto, isso fica.rsrs. Abração, Solange. paz e bem.

    ResponderExcluir
  11. Pensando assim é verdade. Bonito é não saber, bonito é parar de pensar e sentir.
    Tô amando cada título,cada detalhe do seu espaço!
    Adorei a história do blog! Acho que quando ver eucaliptos agora, eu vou lembrar do seu blog!!
    Parabéns!!

    bjoo

    http://feedbackpositivoagora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. O que vale é a espera, a vontade, o desejo de ir muito mais além da própria esperança.

    Beijos de sol para você

    ResponderExcluir