domingo, 6 de fevereiro de 2011

do teu deserto...

É que acho tão lindo esse seu jeito desamparado de pedir por mim, que poderia ter ficado para sempre te ouvindo e pensando: "Meu Deus, ele se parece tanto comigo, é tão vulnerável, e tem esses olhos verdes mais expressivos que o mundo...".

Mas isso não importa mais.

.

Porque a gente soube ter o coração acelerado, o corpo suado, o beijo molhado, mas nunca soubemos sustentar uma delicadeza.

Porque sempre que eu te encontrei você estava de punhos fechados, a espera de uma cilada, de um desencontro, mas só o que eu queria era o caminho oposto, e ele estava sempre deserto.

Porque acho que você nunca soube receber ternuras.

E defendeu-se até mesmo do amor.

.

Dizia que os caminhos eram muito vagos, que eu fazia planos demais, que esperava demais, que te amava demais.

É.

Você tinha razão.

Só não tinha alegria.

.

Mas isso também não importa mais.

.

32 comentários:

  1. E tem gente que não sabe ser amada.. pena!!! Lindo texto...

    ResponderExcluir
  2. Tem gente que prefere viver a milhas e milhas distante do amor...

    Adorei seu texto!

    ResponderExcluir
  3. Ahhh!!!amiga tem pessoas que tem medo de amar...sendo assim muitas preferem fugir...desejo á vc.uma semana cheia de amor...bjus queridaaa!!

    ResponderExcluir
  4. Pena mesmo isso! beijos,tudo de bom, linda semana!chica

    ResponderExcluir
  5. Oi Solange,


    O que dizer: Lindo texto, sintese da ausência.

    Estou passando bem depois da operação, depois de alguns maus subitos, mas nada que preocupe.

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Você arrasa.
    Tem gente que não sabe receber amor, nem dar amor.

    abraços

    ResponderExcluir
  7. texto tããããão bom ue até me sinto triste...
    e saber que isso acontece todos os dias no mundo todo... que bom saber que tenho que quem amo bem ao meu lado... de corpo e ALMA!!!

    ResponderExcluir
  8. para quem nunca deu muita importancia ao que tinha , nao deve mesmo importar . mas de que importa isso agora .

    ResponderExcluir
  9. Já me defendi de um amor e hoje me arrependo muito... =/

    Beijos Saudosos!

    =*

    ResponderExcluir
  10. Olá Solange,

    para variar:Excepcional !!!

    Um abração carioca

    ResponderExcluir
  11. É o mal daqueles que amam demais...

    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Minha querida

    Deixando beijinhos e carinhos.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  13. Querida Solange,

    Sempre acompanho seu blog, por mais que não comente os textos...

    Adoro! Parabéns!!

    Beijocas e ótima semana!

    ResponderExcluir
  14. Nossa!

    Por que será que bati aqui de volta? Eu estava passeando, dando uma volta nos Blogs dos amigos, não procurava nada novo... sei que já estive aqui certa vez, tempos atrás, e você falava que "ela era tão distraída" e eu sempre tão distraída me encantei. Vi teu nome agora na casa de uma amiga que nem mais está lá e aqui cheguei.

    Obrigada por ter publicado este texto!

    Um abraço,

    Suzana/LILY

    ResponderExcluir
  15. Ah, copiei, mas com os devidos créditos.

    ResponderExcluir
  16. ah Sô...
    eu tive alguém assim..com punhos serrados, negando o pulsar do próprio coração..
    que hj, pelo que sei, bate descompassado..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  17. Intenso e triste mas imensamente verdadeiro...
    bjs*

    ResponderExcluir
  18. Solange

    Alegria é a ausência de cobranças, mesmo que inconscientes.

    beijão
    Anne

    ResponderExcluir
  19. É inevitável: sempre nos perguntamos se o amor existe, se é intenso, se é possível descrevê-lo. No entanto, quando estamos prestes a viver um amor, realmente, esquecemos de todas as nossas contestações e passamos a nos proteger, de punhos cerrados, smp à espera de algo ruim, esquecendo-nos, então, de nos entregar de corpo e alma. E como isso é triste! Belíssimo post, meu preferido! *-*

    *Obrigada pelo comentário lá no blog, viu? Suas palavras iluminaram meu cantinho! Volte sempre!

    beeijo

    ResponderExcluir
  20. O difícil em nos relacionarmos é que esbarramos, muitas vezes, nas inseguranças que habitam o nosso ser.
    E, muitas vezes, nos perdemos de quem, na verdade, poderíamos ter uma grande atração.
    Infelizmente, o mal faz um estrago maior, na maioria dos casos.
    Daniel

    ResponderExcluir
  21. Esses homens, tão machucados, ficam assim...

    ResponderExcluir
  22. As pessoas só dão o que receberam, quem nunca recebeu amor, jamais dará amor.
    Bjux

    ResponderExcluir
  23. Sei como é.
    Gente que se protege do bem querer...
    De quê?

    Você disse desse seu jeitinho de quem sabe sustentar a delicadeza.
    Lindo texto.

    bjs
    Rossana

    ResponderExcluir
  24. Ah, senhora! Eu não si em que rua entrei que me perdi daqui. Mas eu achei o caminho de volta, abri a porta e mais uma vez meu olhos marejaram. Eu senti o que você sentiu, porque é de sua propriedade fazer com que as pessoas se sintam assim quando te leem. Mais uma vez brilhante, com contruções tão fabulosas, que me dá até vontade de repetir:

    "Porque acho que você nunca soube receber ternuras.E defendeu-se até mesmo do amor."

    Ele foi imprudente, e imprudência não tem preço, só tem tamanho. E como você já se decidiu, não, isso também já não importa mais.

    Abraço, com saudade ;D

    ResponderExcluir
  25. Oi Sol..tudo bem flor? Que interessante ler-te...querida há tempo para tudo, inclusive de amar e ser amda...neste contexto te digo: há pessoas que precisam deste tempo, de serem amadas e de não serem amadas.

    É difícil medir amor, dosá-lo, porém há pessoas neste mundo que não merecem ser tão amadas assim, por que elas mesmas ainda não conhecem o que é o amor.
    Mas, existe um Deus tão grandioso que nos ama sem medida, e nos convida a nos amá-lo da mesma maneira. Quando a gente confia nosso amor a homens é quase que certo ficarmos decepcionadas, é natural o ser humano está em constante mudanças...alguns crescem e outros regridem no seu próprio eu. Mas, em Cristo Jesus te digo, Deus não nos decepciona e a partir do momento que inclinarmos nosso coração e ouví-lo saberemos fazer escolhas certas, e nossa confiança não estará mais em homens mais sim em Deus.
    Um grande beijo flor.

    ResponderExcluir
  26. O amor nunca é findo, pois restam as lembranças e a saudade do que foi um dia.
    Abraços

    ResponderExcluir
  27. Tem gente que nunca vai conseguir...está sempre
    http://www.youtube.com/watch?v=AAMGAdAEnpM

    ResponderExcluir
  28. Adoro sua página, Solange. Frequentemente publico seus inspiradores textos no meu blog, com honroso crédito, claro!
    Prbns pelo trabalho!

    Sandra Paiva

    http://gataesapato.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. No deserto, as palavras solitárias que escorrem lágrimas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Depois de um tempo as coisas ruins deixam de ter importância! Lembrei de Caio F. :

    "Que coisa maluca a distância, a memória. Como um filtro, um filtro seletivo, vão ficando apenas as coisas e as pessoas que realmente contam."

    =)

    ResponderExcluir