domingo, 29 de julho de 2012

de quem salva o mundo...


Tá.
O mundo anda duro, cheio de violência, corrupção, decepções.
Mas às vezes... às vezes têm gente que o salva.

O menino desce do morro prá florir.
Embora ele só calce um pé de chinelo, e,
a despeito da pobreza iminente, e das prováveis privações,
em algum lugar dentro dele é primavera.
E tanta, que naquela hora ele é feito só de hibiscos.

Diante de quem sabe falar de amor me comovo sempre.
Sempre.
.
.
(fotografia clicada por Bia, minha irmã do meio, que soube ‘salvar’ 
meu olhar naquela tarde... - Rio de Janeiro)
.

4 comentários:

  1. a grandeza de um sentimento, convivendo com a simplicidade.
    assim é o amor..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  2. Lindas vocês duas! Tão bom poder ver a vida dessa outra maneira! Tão preciso! Bjs

    ResponderExcluir
  3. que lindo, florir um banco é um grito para florir o mundo..
    Convido vc a ir em sonhos e carinhos e receba meu award e minha amizade...
    beijos e uma linda tarde.
    Lucinha

    ResponderExcluir
  4. Oi...para tu!!!!
    Vim aqui, só pra te dizer que estou te deixando um beijo neste último dia de julho!!!!
    Não é emocionante saber que nunca mais teremos o dia 31 de julho de 2012????????
    Até me dá uma coisa em meu coração...
    Mas o importante é que vivi momentos lindos contigo,teu blog e tuas postagens!
    Já imaginou que porcaria seria minha vidinha sem tu????
    Amanhã será um novo dia...
    Para,né???
    Eu sei que todo dia é um novo dia...só que não seria, se tu não tivesses eu...ksksksksksks...
    Ai,como eu te gosto!!!!! \o/

    ResponderExcluir