quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Alguns dias têm a medida da verdade

Sentimentos, velhos conhecidos.
Sentimentos que todo mundo têm.
Apertam o peito e enchem de silêncio todos os espaços.
Sentimentos que justificam meus olhos líquidos, e mesmo quando imprecisos me fazem sentir tão viva... sentimentos que trazem muito mais do que os ocres das memórias.
Sentimentos salvadores, necessários e precisados.
Sentimentos que aliviam a terrível solidão que há em todos nós.

É... alguns dias têm a medida da verdade.
Assustam.
Ah Deus !
Obrigada pela oportunidade de me desorganizar de vez em quando...
Por me fazer sair do lugar comum...

18 comentários:

  1. Deixei um selo no meu blog annaviver.blogspot.com
    se puder passe lá para pegar
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Muitas vezes, é necessário um pouco de bagunça para dar novo fôlego a alma... Bjus.

    http://so-pensando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Solange, obrigada pela sua visita :)! Vim retribuir e adorei o seu espaço, a energia que vibra por aqui é maravilhosa. O post sobre a pequena Majestade quase me trouxe lágrimas aos olhos, você tem o dom da palavra. Voltarei com toda a certeza. Beijinhos *****

    ResponderExcluir
  4. Alguns sentimentos são nobres, outros sentimentos, nem tanto assim ,mas todos eles no movem.

    Fique com Deus, menina Solange.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Solange!
    Passei por aqui para ver seu blog.
    Muito bacana!
    Beijos,
    Mari

    ResponderExcluir
  6. Olá Solange
    Obrigada pela visita lá na minha "casa possível".
    Li seus últimos post e acho que vc. vai acontecer! Escreve muito bem, de uma maneira gostosa de ler e compreender.
    Deixo uma para vc.
    " A terra é o espelho
    Que reflete amor
    Quem observa a natureza
    Nunca se esquece de amar"
    Bonfindesemana
    bjk

    ResponderExcluir
  7. Adorei a visitinha!
    Apareça sempre!
    Bjks!

    ResponderExcluir
  8. Olá...que visita agradavel..
    Que bom que gostou do bloguinho...
    Fique a vontade viu???
    Irei lhe acompanhar..
    *bjoO*

    ResponderExcluir
  9. A amizade é assim:

    É sentir o carinho,
    É ouvir o chamado.
    É saber o momento
    de ficar calado.
    Amizade é somar
    alegrias, dividir tristeza.
    É respeitar o espaço,
    silenciar o segredo.
    È a certeza
    da mão estentida.
    A cumplicidade que
    não se explica,
    Apenas vive!!! Beijinhos da Angel...

    ResponderExcluir
  10. Sentimentos é o que nos move. Sabe Deus sabe o que faz e opera em nós milagres.
    Bj!
    Obrigado por visitar o meu blog.

    ResponderExcluir
  11. olá amiga vim retribuir sua visita muito bacana seu cantinho , continue a apaarecer por lá , será muito bem vinda. sinta-se em casa
    bj

    ResponderExcluir
  12. Solange Maia, que imensa alegria chegar neste espaço, onde leio encantada com seu conteúdo . Creia, eu adoro eucaliptos , onde além da beleza da imponência de suas frondosas árvores, eles emitem um aroma que entra alma a dentro , deixando teu corpo levitar, meus cumprimentos pelo seu belo espaço, e ficarei feliz em ter você com minha companheira em meu espaço, com admiração,
    Efigênia Coutinho
    Presidente Fundadora
    Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores
    www,avspe,eti,br/

    ResponderExcluir
  13. Eh bom fugir da rotina, porque sempre organizar?
    vamos fazer a bagunça! =D
    adorei o texto

    http://joaovitors.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Que lindo Solange! A gente precisa mesmo de alguns sobressaltos no coração!

    Obrigada por visitar o blog! Seja bem-vinda! Espero que volte!

    Abraços bem sentimentais! :)

    ResponderExcluir
  15. Ahh, vi no seu perfil que gosta de gérberas. Tenho uma poesia que as cita como metáfora para a primavera. Espero que goste:

    http://arianerodrigues.blogspot.com/2009/01/outono.html

    Até mais!

    ResponderExcluir
  16. ANJO E DEUS


    Como a lua na noite escondida...
    Eu a mais bela das estrelas.
    Em suas asas me escondo...
    Vejo meu anjo sorrindo.
    Fico muda...
    Embalada em seus braços.
    Eu alma com perfume de rosas...
    Sinto meu sangue filtrando em néctar.
    Vivo em milagres...
    Artista na terra, sem pincel, sem tela.
    Só a pena, me faz escrever sem parar...
    Como águas de um rio, flui meu pensar.
    Eu embriagada...
    Com o amor do meu anjo.
    Faço versos...
    Surdamente.
    Velejo no rumo das palavras...
    Passo pelo dicionário emotivo.
    Buscando palavras...
    Diante da vida.
    Meus pensamentos são nuvens cheias de amor...
    Prestes a virar chuva.
    Eu fragmento de Deus...
    Embalada por um anjo.
    Sem os dois não faço poesia...

    Carla fabiane

    ResponderExcluir