quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Entre lençóis...

Naquele momento, no mar de lençóis que se fazia posto, a única coisa que queria era a promessa de que seus olhos não fossem mentiras...

Naquela cama cabíamos inteiros.
Teu corpo pousava sem urgência por respostas.
Por que ali éramos abrigo, e eu só queria levar comigo aqueles bons silêncios.
.
Nossas peles suscitavam desejo e aqueles tempos nos bastavam.
Alternávamos entre segredos e sossegos.
Beijos quentes enchiam o ar, e depois restava apenas, sempre, uma paz pungente.
Havíamos nós. Mais até do que fosse possível.

E, não...
Não ponha os pés no chão.
Assim que nossos pés tocarem o chão
nossos cérebros voltam a funcionar.
Corremos então, o risco de sermos engolidos
por toda a realidade nele implícita.
Não quero nossos pés no chão.
Hoje não.

52 comentários:

  1. Solange, hoje é quarta e já posta uma mensagem dessa ? rsrsrs

    Fantástica !!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Menina, menina. Que lindo. "que seus olhos não fosse mentiras". Às vezes a felicidade, o desejo é tanto que a gente até pensa que é mentira.Parabéns,beijos

    ResponderExcluir
  3. meu Deus... nunca tinha pensando nisso. não colocar os pés no chão, pq voltamos a pensar... perfeito suas palavras!!! beijo e luz

    ResponderExcluir
  4. Sabe, passei por muitos momentos assim e hoje vivo um oposto que julgava tão distante...sinto falta do ardor e da sacanagem dos olhos, mas sobram-me amores...lindo texto!

    ResponderExcluir
  5. Hummmm....A M E I !!!!!!!!!!
    Show de bolaaaaaaaaaaa rsrs
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Oi Solange,

    Em dois, no leito,existem várias possibilidades, quando o amor de um ainda completa o amor de outro.

    Não precisa por os pés no chão
    Deixe nossos pés unidos para sempre
    Meu pensamento não tem nada
    Quero que continuem assim
    Deixe eu sentir esta senssação de frescor e eternidade
    Até o fim de meus dias...

    Abraços
    só você

    ResponderExcluir
  7. Nada como tirar os pés do chão!Lindíssima e intensa poesia!Bjs,

    ResponderExcluir
  8. Os pés nos chão por vezes nos tiram esses momentos.

    Bjaum

    ResponderExcluir
  9. Que coisa linda,Solange!beijos,chica

    ResponderExcluir
  10. Só há uma palavra capaz de expressar como resposta minha para esse seu texto: LINDO! Bjus.

    http://submundosemmim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Acabo de fazer uma viagem! Que post lindo! Acho que não quero colocar os pés no chão NUNCA!

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. É, eu também não quero. Ultimamente, nada como o sonho e a minha cama. Sem romantismo e metáforas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Hoje, prefere
    que pairem no ar...
    Bonito!

    Um beijo,
    doce de lira

    ResponderExcluir
  14. Ante a noite que chega,
    o homem que pisa o chão
    fica lentamente
    em auroras ou trevas - ninguém sabe...

    P A Z !
    Tácito

    ResponderExcluir
  15. que lindo!!!!! deu p lembrar de bons momentos lendo isso.

    bjosss...

    ResponderExcluir
  16. Solange,
    Que lindo...às vezes também não quero enconstar os pés no chão..voar é tão bom.Adorei seu blog.

    ResponderExcluir
  17. Sempre muito intenso e quanto mais intenso mais real.
    É muito bom viver essa sensação.
    Ela nos renova.
    Beijo

    ResponderExcluir
  18. Não aos Pés no Chão...
    Hoje não e nunca.


    P.S
    Querida estou recomeçando meu blog (excluiram minha conta)posso ficar por aqui de novo?


    Bjs

    Mahria (Entretantas...Eu)

    ResponderExcluir
  19. Hoho... no dia que isso acontecer comigo eu vou acabar pensando... "Há quanto tempo, hem seu Ricardo?"

    ResponderExcluir
  20. Que é isso! Até ergui meus pés! rs...Lindo, lindo e lindo!!! Parabéns! Muito bela sacada. Amei! bjs

    ResponderExcluir
  21. eu peço uma cama desarrumada para dois

    ResponderExcluir
  22. que bonito...
    é sempre um prazer passar por aqui.
    Beijo!

    P.S. hoje não vou pôr os pés no chão.

    ResponderExcluir
  23. Gosto da sua sutileza ao descrever tanto amor...

    beijo e mais beijos

    ResponderExcluir
  24. Quem sabe nos encotremos entre lençois que possam camuflar nosso amor, quem sabe possamos ali viver momentos de intensa entrega, quem sabe o que a vida nos reserva ainda...

    ResponderExcluir
  25. ...A promessa de que seus olhos não fossem mentira... é possível alguém mentir tão bem, é possivel sermos substituíves em tão pouco tempo é possível?
    Bj!

    ResponderExcluir
  26. Depois de lençóis postos a última coisa deve ser por os pés no chão. A volta a realidade é sempre uma despressurização não é Sol?

    Beijos no core!
    Layla Barlavento
    http://culpadowalter.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Solange, momentos assim, antes de colocar os pés nos chãos, são para sempre. E nunca haverá entrega maior neste silêncio!!

    Você é incrível!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  28. envolvente , maravilhoso!!! beijos da Lulu

    ResponderExcluir
  29. Não, quando todas as palavras forem com as aves pousar nos ramos mais altos do dia, aguardando pela última luz, a mais doce, é que rente à sombra da pele os rios ardem, rumorosos de desejos, como dedos cegos à procura da luz ou como dóceis animais pelo ar leve fascinados. Então, dos olhos dos amantes desprende-se um silêncio dourado, de estrelas, talvez, como uma música que os eleva até ao leito só prometido às aves, entre o céu e o chão dos seus pés nus.


    O coração da Solange é o de uma ave que só sabe beber o azul do céu. E nem era preciso ler as suas belas palavras para saber disso. Está no ar.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  30. escrever... revista... cultura pop... interessa a ti?

    ricardorrrodrigues@gmail.com

    ResponderExcluir
  31. Pés no chão??
    Não!!!!!

    Sempre voando...

    Deixo meus pés no chão no dia a dia, no trabalho, no banco, etc...

    para o AMOR???

    Sempre pés voadores!!!

    Te amo, sua linda!

    ResponderExcluir
  32. maravilhoso solange . beijos de admiraçao

    ResponderExcluir
  33. apaixonadamente humana...

    beijo ;)

    ResponderExcluir
  34. *-* Nossa que Linda !
    Amei ,a paixão È simplismente bela !
    Adorei o seu blog , visita o meu ?

    http://lorenastefany.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  35. humm... até sinto o roçar dos lençóis sobre a minha pele..
    o calor e o cheiro da intimidade, o toque quente do outro corpo..
    humm... entre eles, só quero tactear... numa suave delicia...

    Não, claro que não!
    Não ponho os pés no chão.
    Nem hoje nem amanhã!

    Lindo e subtil como só tu tão bem sabes nos brindar.

    Parabéns menina mas.. desculpa, tenho que ir! os meus lençóis reclamam a minha presença...

    Bjs soprados por entre os meus lençóis,
    CR/de

    ResponderExcluir
  36. Exuberante Sol!!!!
    Bastante contente com sua visita!!! As saudades tb são muitas em muitos matizes. Nesse momento em BH, já penso no retorno p Poa. Bijoss com muitas bençãos!!!
    Alôha..

    Hod.

    ResponderExcluir
  37. Essa intensidade afaga nossos suspiros.

    ResponderExcluir
  38. Intensidade e ternura encontram perfeita harmonia em suas escritas. Adoro tudo aqui!
    Flor tem selinho pra você lá no meu blog, depois passa lá.
    Beeeijos

    ResponderExcluir
  39. Tô aqui, sentadinha com perninhas de índio (meu vício) tá bom assim?

    Volta sempre, Solange... volta sempre!

    ResponderExcluir
  40. Ei Solange. Parabéns!!!!!!!!!!!!!

    Eu fico passeando só pelo blog da Bebela e acabo deixando de vir aqui no Eucaliptos que é igualmente DELICIOSO.

    Bjs, Simone

    ResponderExcluir
  41. São lindo os seus texto. amei!

    Beeeijos

    ResponderExcluir
  42. Adorei a visita. Muito obrigada por trazer doces cores ao meu céu.
    Adorei seu texto. Tão intenso.
    Vou ficar por aqui.
    Deixo um carinhoso beijo ;*

    ResponderExcluir
  43. Também adorei seu blog e tantos seguidores... uau! Bj
    Leonor

    ResponderExcluir
  44. "voar voar subir subir... ir por onde for..." LINDO QUERIDA!
    Bom mesmo... flutuar de amor!
    E quem dera subir subir... e jamais ter que tornar os pés ao chão!

    Amei suas palavras! Que suavidade!

    doce bj

    ResponderExcluir
  45. Oi querida,
    Infelizmente não somos reconhecidos como professores! Adorei sua visita! Fiquei ausente um tempo por problemas de saúde, já resolvido. Mas..nosso blog me deixa muito feliz! Vc como sempre toca nossos sentimentos mais profundos, comm uma delicadeza que assusta! Obrigadaaaaaaaaaaaaaaaaa!!! Adoro tudo aqui!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  46. Muito bonito :o)
    Gostei muito, como sempre.
    Passei para deixar um beijinho.

    ResponderExcluir
  47. Olá!
    Adorei o texto! Faz pensar, viajar, multifacetar :D
    Obrigada pelo comentário em meu blog, escrever liberta. Liberta os "nãos", os medos, as raivas, os pensamentos, as alegrias.
    Escrever liberta.

    ResponderExcluir
  48. Eu não diria que deveria caber apenas naquela cama, mas sim a entrega ao desejos que pretendiam para aquele momento...

    Fiquem com Deus, menina Solange.
    Um abraço.

    ResponderExcluir