sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Hoje tem uma ILHA aqui dentro...

Gosto de Oswaldo Montenegro desde meninota...
Logo de cara rabiscava a agenda com pedaços das suas canções.
Depois ele passou a expressar minha imensa vontade de andar na contramão e de ser diferente.
E aquele tanto de irreverência que ele trazia na voz, me fazia ter uma bandeira para carregar.
Então conheci seus Menestréis, e de tão multifacetados, cantaram e encantaram. Com luzes, fogo, música, teatro, palco, som, fumaça, corpos, sombra, flautas, e Madalena.
Se fossem nômades viajantes, numa velha carroça indo pelo mundo, e eu pudesse, na minha meninice teria partido com eles.
Daí a faculdade e as férias. E dancei Bandolins na praia.
O amor, o luar e o mar. Estava lá quando ele cantou Chico Buarque. E O que será... ficou a flor da pele.
Mais tarde, ainda encontrei pessoas incríveis que também gostavam dele.

Ainda hoje, nos dias em que meu coração pede um pouco de silêncio... e quando me faltam as palavras... são dele as que traduzem o que vai dentro de mim...

"Ilha não é só um pedaço de terra cercado d'água por tudo que é lado.
Ilha é qualquer coisa que se desprendeu de qualquer continente.
Por exemplo: um garoto tímido abandonado pelos amigos no recreio, é uma ilha.
Um velho que esperou a visita dos netos no Natal e não apareceu ninguém, é uma ilha.
Até um cara assoviando leve, bem humorado, numa rua cheia de trânsito e stress, é uma ilha.
Tudo na gente que não morreu, cercado por tudo o que mataram, é uma ilha.
Até a lágrima é ilha, deslizando no oceano da cara.
"

25 comentários:

  1. adorei, estas palavras tão simples, e tão francas. acho que hj estou ilha tbm.

    bjossss...

    ResponderExcluir
  2. Olá, confesso que não conhecia este texto, gosto muito do trabalho dele. Tenho o DVD comemorativo de seus 25 anos e o que mais me impressionou foi a forma como ele tratou sua ex que é integrante da banda durante o show...coisa de gente grande.
    Adoro Metade que foi inspirada na música "Traduzir-se"...
    Bom...deixa eu ir...fica com um trechinho adaptado...rsrs...um abraço na alma...bjo

    Que o espelho reflita em seu rosto,
    um doce sorriso,
    desses que você se lembra ter dado na infância.

    Porque metade de você
    é a lembrança do que você foi
    e a outra metade eu não sei.

    ResponderExcluir
  3. Muito legal,Solange e eu gosto muito dele tb. beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. É ilhas cercam-nos e neste imenso arquipélago, os coraçoes dentro do adentro.

    beijos,

    ResponderExcluir
  6. "Bandolinzei" muito ao som das melodias
    dele, para mim, simplesmente deliciosas!
    Beijos, Sol!

    ResponderExcluir
  7. É sentimental, pois cada um que lê, vai intuir se é alegria, ou tristeza, pois em ambos os casos, são pessoas que desprenderam do comum...

    Fique com Deus, menina Solange Maia.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Lindo teu post, Solange!
    De uma sensibilidade imensa!

    Temos muitas dias de ILHA...

    Sabe, eu tb a-d-o-r-o as músicas dele...me "calam" fundo! Bandolins então...é linda demais!!!!

    Um beijo ao som dos bandolins...

    ResponderExcluir
  9. Esta definição de ilha é linda! Texto, definição, tudo muito bonito!
    beijo, lindo final de semana

    ResponderExcluir
  10. sempre nos tocando a alma...
    beijo no coração

    ResponderExcluir
  11. Saudosista teu post hoje. E como ouvíamos o Montenegro. Animou a uma geração!

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. ... e eu virei esta pequena ilha.


    Que lindo!!!!

    BEIJO

    ResponderExcluir
  13. ele me encanta Oswaldo me deixa fascinada com tudo que canta.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Se o coração for uma ilha, é natural que pareça pequeno. Percorre-se de uma ponta a outra num instante e vê-se como o que o rodeia é um mundo imenso, escuro como um mar de solidão, em que todas as gaivotas se esconderam e a espuma branca desapareceu. Porque se sente que o seu tamanho é demasiado pequeno para com ele medirmos o mundo. Porém, se ele não for uma ilha, será o mundo que parecerá pequeno quando avistado do seu lugar.


    Que as palavras nunca te faltem, querida Solange.
    Beijo doce.

    ResponderExcluir
  16. PS:

    Texto do post inspirado num poema de Nuno Júdice, "Lanzarote" (para José Saramago).


    Mário Lopes

    ResponderExcluir
  17. Depois das nuvens cinzentas, estou retornando.
    Um final de semana feliz e beijinhos!

    ResponderExcluir
  18. Confesso que não conheço as músicas do Oswaldo Montenegro, mas lendo este post, vc me despertou curiosidade e já vou procurar pelo google, realmente a letra é linda.

    Beijos, Sô!

    Niny

    ResponderExcluir
  19. ah doce solange , a introspecçao as vezes é a unica forma de ouvirmos o nosso coraçao , e quando ele nos pede silencio é isso que devemos fazer , nos retirarmos um pouco da bagunça do dia a dia e ouvir o que ele tem a dizer ,para mim , sempre achei que , as musicas sempre tem mais a dizer , do que eu proprio conseguiria .deixo as musicas falarem por mim , só nao sei se , quem as ouve , as traduz como eu .ah o oswaldo , o bom e velho oswaldao com seus bandolins ( dessa eu gostava ... Sério )musica tem essa capacidade de nos transportar a um tempo e vasculhar nossas memorias , um beijo no seu coraçao grande solange que eu adoro .

    ResponderExcluir
  20. UUUAAAAUUUUUUUU

    ENTÃO, EU TAMBÉM DECERTO, SOU UMA ILHA!! OBRIGADA POR ME COLOCAR FRENTE A ESSA IRREVOGÁVEL E ESTRANHA VERDADE!!

    PERFEITO... COMO TUA ALMA TRAZUDIDA EM PALAVRAS!!
    UM DOCE BJ EM SEU CORAÇÃO!

    ResponderExcluir
  21. Puxa,vi você em um blog e resolvi clicar.Lendo aqui,vi que as coisas realmente se atraem por sintonia. Ainda ontem coloquei o cd do Oswaldo cantando Chico. Fiz a oficina dos Menestréis com o Deto e o Candé, junto com minha filha. Tempo bom da minha vida. Assisti "Noturno" oito vezes!Adoro Oswaldo e uma bailarina amiga da minha filha Renata Colin fez há muitos anos atras sua estréia solo com "Metade" do Oswaldo MOntenegro. Você imagina que coisa linda ficou né!
    Foi bom passar por aqui. Adorei seu espaço e voltarei sempre. bjs

    ResponderExcluir
  22. Solange, adoro suas referências. São sempre lindas, suaves e carregadas de significados.

    Beijos!

    ResponderExcluir